24 de outubro de 2011

Segunda Saudável: Cebola

Google Imagens
A cebola teve origem no centro da Ásia, e caminhando para o ocidente, atingiu a Pérsia de onde se irradiou para a África e por todo continente europeu. Daí, foi trazida para as Américas, pelos seus primeiros colonizadores. No Brasil a introdução da cebola se deu principalmente através do Rio Grande do Sul, se espalhando por todo o país.

Porque a cebola faz chorar

Quando as cebolas são cortadas, as suas células são quebradas. As células das cebolas têm duas secções, uma com enzimas chamadas alinases e outra com sulfuretos (sulfóxidos de aminoácidos). As enzimas decompõem os sulfuretos produzindo ácido sulfénico. O ácido sulfénico é instável e decompõe-se num gás volátil chamado sin-propanetial-S-óxido. O gás dissipa-se pelo ar e eventualmente chega aos olhos, onde vai reagir com a água para formar uma solução muito fraca de ácido sulfúrico.

O ácido sulfúrico irrita as terminações nervosas do olho, fazendo-os arder. Em resposta a esta irritação, as glândulas lacrimais entram em acção para diluir e lavar a irritação. Não obstante, são estes compostos voláteis que dão o sabor característico à cebola, e o aroma agradável quando cozinhada. Para reduzir a libertação do gás recomendas-se descascar a cebola debaixo de água corrente, ou mesmo debaixo de água, embora esta medida seja pouco prática ou ecológica.

Molhar as mãos e a cebola antes de a cortar vai reduzir o efeito do gás, porquanto algum do gás vai reagir com a água das mãos ou da cebola (e não com a umidade dos seus olhos). O cheiro das mãos poderá ser eliminado com limão ou lavando-as em água corrente por alguns instantes sem esfregar uma na outra. Também ajuda respirar profundamente pela boca, uma vez que grande parte do gás será inalado e menos ficará disponível para reagir com os olhos. Uma faca bem afiada danifica menos células da cebola, libertando-se menos gás — logo menos irritação.

Cebolas frias tiradas do frigorífico provocarão menos irritação uma vez que as baixas temperaturas inibem a difusão das enzimas e do gás. Outras pessoas preferem arrefecer a faca por 2 minutos no frigorífico antes de cortar as cebolas para diminuir as lágrimas. Diferentes espécies de cebolas libertarão quantidades diferentes de ácidos, portanto a irritação que provocam também será diferente.

Uma forma eficaz de evitar o transtorno para os olhos é evitar cortá-la em rodelas. Cortar a cebola sempre no sentido raiz-folha ou vice-versa, dessa forma, ou seja, ferindo menos as cápsulas que contêm as substancias voláteis. Basta cortá-la ao meio no sentido sugerido e apoiar a parte plana sobre a tábua de corte, e de preferência com a faca bem afiada, cortá-la em tiras longas na posição sugerida. Quase não agride os olhos e reduz a liberação do odor para as mãos.

Cada 100 gramas de cebola contém: 33 kcal

A cebola é a base de todos os temperos, combina e oferece um sabor especial a quase todos os tipos de pratos.

Pode ser considerada como auxiliar do organismo na defesa contra infecções, eliminando ao mesmo tempo eventuais substâncias tóxicas através dos rins, resultado da ação dos seus sais minerais, principalmente o Fósforo, o Ferro e o Cálcio e também das vitaminas do Complexo B e vitamina C.

A cebola é indicada para abrir o apetite, regularizar problemas do estômago, é ótima contra prisão-de-ventre, inchaços de qualquer natureza, problemas de pele, garganta, ossos (reumatismo) e intestinos. É também um alimento bastante diurético, beneficiando os rins.

O caldo de cebolas fervido com mel, é eficaz contra constipações, gripes, tosse, bronquite e asma. Ela também elimina o sangue e o fígado de substâncias tóxicas e aumenta a diurese.

Rica em elementos protetores contra as infecções, é a pior inimiga dos vermes intestinais, eliminando, ao mesmo tempo, eventuais substâncias tóxicas através dos rins. No entanto essas propriedades perdem-se quando a cebola é cozida.

Ótima contra os cálculos biliares, a cebola remove ainda as obstruções das vísceras e limpa as vias respiratórias. Crua, colocada sob o nariz, permite estagnar hemorragias nasais.

Aplicado topicamente, o sumo de cebola é muito bom para as picadas de insetos, nomeadamente aranhas, abelhas e vespas. A cebola também ajuda a prevenir o enfarte. Frita ou assada, ajuda a dissolver os coágulos sanguíneos. Para quem sofre de acidez estomacal ou formação de gases a cebola crua não é recomendada.

Não são necessários grandes cuidados na compra de cebola. Basta verificar a sua consistência, a sua uniformidade e o brilho da sua casca, que atesta a sua frescura.

Fonte: Wikipédia
Banda da semana...The Cranberries!

Google Imagens
The Cranberries é uma banda irlandesa de rock alternativo que ganhou notoriedade durante a década de 1990. A banda é composta por Dolores Mary Eileen O’Riordan Burton (voz, teclados e segunda guitarra), Michael Gerard Hogan (baixo), Noel Anthony Hogan (guitarra) e Fergal Patrick Lawler (bateria). Noel e Mike Hogan, dois irmãos de Limerick, idealizaram a banda em 1989 e a formaram com o baterista Fergal Lawler em 1990. O nome original era The Cranberry Saw Us, o saw us fazendo um trocadilho com sauce, molho em inglês (vale lembrar que cranberry, ou mirtilo em português, é fruta típica da ilha irlandesa). Dolores O’Riordan fez o teste e ganhou o papel de vocalista principal, compondo a letra de Linger. Sua voz é um elemento importante da sonoridade da banda. De fato, o diferencial das canções do grupo está justamente na voz de Dolores, que é quase mais um instrumento do grupo.

Ao longo de treze anos de carreira, a banda alcançou sucesso mundial através de cinco álbuns, totalizando mais de 45 milhões de discos vendidos.

Em 2003, interromperam as atividades, retornando em 2009 para uma série de shows. E estão preparando um novo CD,que tem previsão de lançamento em meados de 2012.

Curtam agora “Linger”,um dos seus maiores sucessos.


Long Live, Rock´n Roll \o/


0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta nossa Fanpage!

Receber Receitas

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Arquivo do blog

Visitantes