29 de outubro de 2012

Arroz Integral Soltinho e Macio


Minha mãe e eu resolvemos eliminar o arroz branco das refeições do dia a dia e substituir pelo integral. Os benefícios são inúmeros e já notamos nos primeiros dias uma maior saciedade durante as refeições bem como o funcionamento regular do intestino.

Muitos têm dúvidas como preparar o arroz integral. Assim, descrevo o passo a passo como faço e que deixa ele bem soltinho e macio.



 Ingredientes 
2 xícaras (chá) de arroz integral
5 xícaras (chá) de água fria
½ cebola média cortada em cubinhos
2 dentes de alho amassados
2 colheres (sopa) de azeite
Sal a gosto


Modo de Preparo:

Lave o arroz e escorra bem. Após, coloque-o em uma panela junto com o alho e a cebola e leve ao fogo alto mexendo até ficar "ressecado" (nessa etapa, mexa sempre para não grudar na panela). 

Após, coloque a água fria (continue em fogo alto). Quando começar a ferver, abaixe o fogo e cozinhe até a água ficar na altura do arroz. Nesse momento, acrescente o sal (misture bem). Arrume o arroz que ficou espalhado e deixe cozinhando em fogo baixo. 

Aguarde secar toda a água do cozimento. Desligue o fogo e acrescente o azeite. Deixe descansar com a tampa fechada por 3 minutos. Abra e “solte” o arroz. 

Sirva com um prato principal e saladas. 

Bom Apetite!





Segunda Saudável: Pêssego

Google Imagens

O pessegueiro é nativo da China, onde se encontra a maior diversidade dessa. O nome entretanto, é originário da Pérsia, que foi inicialmente e erroneamente, tomada como seu país de origem.

A cultura do pessegueiro data de, pelo menos, quatro mil anos. Falava-se sobre pêssego dois anos antes de sua introdução no mundo greco-romano. A pesquisa na literatura chinesa mostra que o pêssego era citado centenas de anos antes da era cristã. Poemas de Confucius (551-478 a.C.) mencionavam esta espécie frutífera e algumas outras. É interessante notar que os chineses atribuíam poderes miraculosos ao pêssego como, por exemplo, o de afastar os maus espíritos.

O pessegueiro veio para o Mediterrâneo, através da Pérsia. Aparentemente, esta espécie foi introduzida na cultura grega, 400 a 300 anos antes de Cristo, e na romana, no primeiro século d.C. Dentre os gregos, Theophrastus em 322 a.C. referia-se ao pêssego como uma fruta da Pérsia. Já dentre os romanos, Pliny 79 d.C., dizia que o pêssego tinha sido importado pelos romanos, da Pérsia, pouco tempo antes daquela data. Mas Vergil - príncipe dos poetas latinos - (79 - 19 a.C) foi,provavelmente, a primeira referência na literatura romana. Segundo este autor, havia na época seis variedades de pêssego. A primeira, a que ele se referia como "Persian apple", (sob o termo maçã foi incluída uma variedade de frutas); a segunda é o "duracimus", onde estariam os melhores frutos; a terceira e quarta são ´Gallic` e ´Asiatic`, distinguidas pelos nomes dos países de origem. As últimas duas variedades de Pliny são a "supernatia", que veio do país dos Sabinos, e a "popularia", que crescia em qualquer lugar.

Embora os mouros tenham, possivelmente, introduzido esta espécie no norte da África e na Espanha, a sua disseminação pelos países mediterrâneos deveu-se principalmente aos romanos.

Na América continental o pessegueiro chegou com os conquistadores espanhóis do México, e na Flórida em 1565, com a fundação St. Augustine. Os portugueses provavelmente introduziram esta espécie na costa leste da América do Sul. "Land races" de pessegueiros desenvolveram-se por toda América do Norte e do Sul, inclusive os pessegueiros mexicanos conhecidos como "evergreen" que necessitam de pouco ou nenhum frio hibernal ou aqueles cultivados pelos índios Navajos em áreas remotas do Arizona . 

No Brasil, o pessegueiro foi introduzido em 1532, por Martim Afonso de Souza, com mudas trazidas da Ilha da Madeira e plantadas na Capitania de São Vicente, que corresponde ao atual Estado de São Paulo. Hoje São Paulo ainda é o segundo maior produtor do Brasil, precedido apenas pelo Rio Grande do Sul. A produção de Santa Catarina, entretanto, cresce a passos largos podendo em breve ultrapassar a produção paulista. Entretanto, foi no Rio Grande do Sul que o plantio de pessegueiros para fins industriais mais se desenvolveu no país. 

BENEFÍCIOS DO PÊSSEGO 

Rico em fibras, sais minerais (ferro, enxofre, iodo, fósforo, manganês e magnésio), vitaminas A, C, complexo B e B5. Regula o ácido úrico, atua no intestino preguiçoso dando bom funcionamento ao órgãos digestivos.

O pêssego também é uma boa fonte de vitamina C e pectina, trazendo os mesmos benefícios que a laranja e o kiwi; além disso, contém boa quantidade de vitamina A que auxilia em tratamentos relacionados à visão, melhora o funcionamento do sistema imunológico e, portanto, ajuda na prevenção de infecções.

O pêssego é fonte de minerais, como fósforo, magnésio, manganês, cobre, iodo e ferro. É também rico em fibras, carboidratos, e vitaminas A, C e do complexo B. 

100 gramas de pêssego fornecem, em média, 51,5 calorias.

O pêssego é recomendado para manter o bom funcionamento do intestino, combater ao reumatismo e para evitar problemas de pele e do sistema nervoso.

Ajuda a tratar de: Contusões, eliminação de toxinas, erupções na pele, fungos, intestino preguiçoso, pele cansada, problemas respiratórios, regularização do ácido úrico, tosse cardíaca. 

Fonte: Catálogo das Frutas (Embrapa) / As 19 frutas e seus benefícios / Wikipédia 

Artista da semana...Phil Collins


Philip David Charles Collins, LVO (Londres, 30 de janeiro de 1951), mais conhecido como Phil Collins, é um músico britânico. Foi baterista e vocalista da banda Genesis, mas também atingiu êxito na carreira solo. Também atuou em alguns filmes e programas de televisão. 

Phil Collins já colaborou com vários artistas conhecidos, como Bone Thugs'N'Harmony, Paul McCartney, George Harrison, Eric Clapton, Roland Orzabal, Jethro Tull, Robert Plant, Ringo Starr, John Lennon, Elton John, Mike Oldfield, Sting, Anni-Frid Lyngstad do ABBA, Mark Knopfler, Peter Gabriel, Bee Gees e Ravi Shankar. Fez uma participação especial em Woman in Chains, do Tears for Fears, também participou do álbum Break Every Rule de Tina Turner, tocando bateria em músicas como Typical Male e Girls, e também colaborou com a banda Led Zeppelin no Live Aid, tocando bateria. Também participou da música Home, do grupo de rap Bone Thugs'N'Harmony. 

Depois que Peter Gabriel deixou o Genesis em 1975, Collins assumiu os vocais. Esse foi o período de maior sucesso comercial da banda, que continuou através dos anos 80. Enquanto trabalhava tanto como vocalista quanto de baterista, dava os primeiros passos de uma bem-sucedida carreira solo. 

Com aproximadamente 150 milhões de álbuns vendidos em todo o mundo, Genesis é considerada uma das mais importantes bandas de rock de todos os tempos. 

E hoje,aos 61 anos, Phil Collins chegou a marca de 100 milhões de discos vendidos em carreira solo. 

É um pouco triste dizer que o músico está se aposentando para não voltar mais. Não é a primeira vez que anuncia algo do tipo, mas conforme as tentativas de enfim sair do mundo da música se repetem, é de se pensar que os problemas que Phil diz que ter persistam – até o ponto em que, a cada anúncio de fim, ele realmente possa estar falando sério. 

Em abril de 2008, Phil quis dar uma pausa para dedicar-se a uma coleção de memorabília, e no mês seguinte anunciou que não voltaria a cantar por problemas nas cordas vocais. No ano seguinte, disse que não poderia mais voltar a tocar bateria, mas em 2010 acabou lançando mais um disco e em 2011, seus produtores informaram que ele seria pai em tempo integral. Agora, são todos os motivos juntos.

Phil ficou conhecido principalmente pelo seu trabalho com o Genesis, banda em que inicialmente tocava bateria e após a saída de Peter Gabriel, assumiu os vocais. Os anos de dedicação à música podem ter sido agradáveis, mas por qualquer que seja o motivo, seu corpo já está pedindo descanso. Em entrevista à revista Rolling Stone, o músico assumiu que não tem planos de voltar a compor e tocar. 

São 61 anos de vida e 40 de carreira, que resultaram em cordas vocais danificadas e perda de audição. Numa cirurgia em uma das vértebras próximas à nuca, na coluna vertebral, acabou perdendo a sensibilidade nos dedos e já não conseguia mais tocar como antes. 

Na entrevista, Collins disse:”Eu não pretendo tocar mais, e eu não pretendo particularmente voltar a escrever. É como se eu tivesse colocado esse lado da minha vida em espera porque eu sinto que ganhei essa oportunidade de não fazer nada. E eu tenho crianças pequenas, então eu não acho que vou continuar na estrada e terminar essa viagem.” 

O modo com está tocando agora também não agrada o músico, talvez um pouco perfeccionista (ou já debilitado, mesmo, devido à cirurgia na coluna ou derivados): “Eu não posso tocar como costumava. E não quero ir lá e fazer um trabalho meia-boca. Eu não quero ser uma sombra do que era antes, então eu meio que parei de viver do passado”. 

Para os fãs do Gênesis que esperavam alguma reunião clássica, a notícia também não é muito boa. Com Peter Gabriel relutante em voltar ao grupo, as atividades da banda provavelmente ficarão paradas por tempo indeterminado. 

Vale muito a pena conferir a discografia e curtir os grandes sucessos,tanto do Genesis,quando da carreira solo de Phil. 

Curtam agora “Against All Odds”,umas das minhas favoritas e,se puder,vejam o filme “Against All Odds"(Paixões Violentas), lançado em 1984, teve a canção indicada ao Oscar em 1985 (infelizmente não ganhou),e narra a história de um ex-jogador de futebol americano (vivido por Jeff Bridges),que é contratado por um gangster para encontrar sua amante que fugiu para o México. Após encontrá-la, surge um sentimento de paixão e vingança. 

Grande abraço e até semana que vem. 



Long Live,Rock’n Roll \o/ 



25 de outubro de 2012

Panceta ao Forno


Sei que é "bem gordurosa", mas de vez em quando uma panceta ao forno é boa demais, ainda mais se for acompanhada de um arroz branco fresquinho, uma salada de folhas bem temperada e farofa. Aí, não tem como resistir mesmo. Oh, delícia!



Ingredientes:
1 peça de panceta de, aproximadamente, 1 kg 
2 colheres (sobremesa) de orégano 
¼ colher (café) de pimenta do reino 
1 colher (sobremesa) de sal 
2 limões médios 
2 dentes de alho espremidos 
1 pimenta dedo de moça 


Modo de Preparo: 

Na véspera, tempere a panceta com o suco dos dois limões, orégano, pimenta, sal e alho. De preferência, acomode a carne e o tempero em um saco plástico amarrado. De tempos em tempos, mexa para penetrar bem o tempero na panceta. 

No dia do preparo, pré-aqueça o forno em temperatura média. Acomode a peça da panceta em uma travessa (coloque a parte mais gordura para cima) e leve para assar por, aproximadamente, 1h30 ou até dourar bem a carne. 

Sirva com arroz e saladas. 

Bom Apetite!


Leão do Norte

Oh, Belo Litoral Nordestino (Google Imagens)
1987, a escola de samba Nenê da Vila Matilde homenageou o estado de Pernambuco com um belo samba de exaltação, citando heróis de nossa história – infelizmente hoje esquecidos – nascidos naquela terra. Por acaso, se é que isso existe, encontrei essa letra entre meus guardados. Fiz uma viagem imaginária às terras nordestinas, onde temos belas praias, cidades belíssimas, uma cultura ímpar e grandes personagens de nossa história. 

Lembrei-me também de seu povo tão festeiro, culto, talentoso e ao mesmo tempo sofrido e miserável. Essas terras que foram exploradas até a última gota e que hoje é quase um deserto abandonado por aqueles que juram que cuidarão dela. Terra de gente forte e guerreira, que em busca de novas oportunidades migraram para o sul, onde ergueram grande parte dos arranhas céus de nossas grandes cidades e ainda assim sofreram muito com o preconceito contra eles. 

Terra fecunda em que brotaram talentos como Gonzaga, Caetano, Suassuna, Amado, Gal, Bethânia e tantos outros nomes de nossa cultura. Mãe Menininha do Gantois, Mestre Vitalino, Carybé, Teotônio Vilela, Miguel Arraes, Rachel de Queiróz e Clarice Lispector (que não nasceu brasileira, mas viveu no nordeste desde criança). 

Na história da nossa Independência e Abolição os nordestinos tiveram grande participação, lutaram com bravura em movimentos como a Sabinada, na então província da Bahia e a Balaiada, no interior do que era na época a província do Maranhão. 

Como em todos os cantos de nosso país, a região nordeste produz muitas riquezas, das quais devemos nos orgulhar, bater no peito e dizer esse pedaço de chão também é nosso! Precisamos aprender a reconhecer quando encontramos em nosso caminho um verdadeiro Leão do Norte, que vem desbravando caminhos, erguendo bandeiras, dando voz e vez a quem precisa. Pessoas assim são cada vez mais raras, mas de vez em quando acontece, a gente se esbarra em alguém capaz de produzir luz e sabedoria a quem estiver por perto.


23 de outubro de 2012

Torta Rápida de Salsicha


Peguei essa receita em um site de uma famosa marca de salsicha e confesso que adorei o resultado. Com certeza, a criançada de sua família vai adorar essa torta. Faça =)


Ingredientes do Recheio:
1 pacote (500g) de salsichas cortadas em rodelas
2 tomates médios cortados em cubinhos (retirar as sementes)
200g de muçarela ralada
1 colher (sopa) de orégano

Modo de Preparo do Recheio:

Em um refratário, misture todos os ingredientes. Reserve.



Ingredientes da Massa:
2 xícaras (chá) de leite
3 ovos
1/2 xícara (chá) de óleo
1 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de fermento em pó
sal a gosto
pimenta do reino a gosto


Modo de Preparo da Massa:

Bata no liquidificador: os ovos, o leite e o óleo. Aos poucos, adicione a farinha de trigo e, por último, o fermento em pó. Tempere com sal e pimenta.

Coloque a massa em uma forma untada e enfarinhada. Espalhe o recheio por cima. Leve para assar em forno médio pré-aquecido por, aproximadamente, 40 minutos ou até dourar bem.

Bom Apetite!


22 de outubro de 2012

Carne de Panela com Mandioca


Hummmm.... como é bom uma comidinha bem caseira com aquele arroz branquinho e uma bela salada de folhas. Tem dia que a simplicidade na cozinha é a coisa mais gostosa que existe. Eu curto e vocês?

Ingredientes:

500g de coxão duro cortado em cubos grandes
500g de mandioca cortada em pedaços grandes
1 cebola média em cubinhos
2 dentes de alho em lâminas
1 colher (sopa) de extrato de tomate
1 colher (sobremesa) de mostarda
2 colheres (sopa) de molho inglês
3 tomates em cubinhos
2 copos (requeijão) de água fervente
1 colher (sobremesa) de orégano
1 pimenta dedo de moça
10 azeitonas verdes
½ xícara (chá) de cheiro verde picadinho
Sal
Óleo


Modo de Preparo:

Aqueça um fio de óleo na panela de pressão e frite a carne até dourar bem. Adicione a cebola e o alho e refogue por mais alguns minutos. Junte o extrato de tomate, a mostarda, o molho inglês, o sal, a pimenta, o orégano e os tomates. Misture bem e apure por 5 minutos. Cubra com a água fervente, tampe a panela e deixe na pressão por 30 minutos. 

Desligue o fogo e aguarde sair toda a pressão. Abra a panela e acrescente os pedaços de mandioca. Tampe e volte ao fogo por 5 minutos após pegar a pressão. 

Passado o tempo, desligue e abra a panela. Retorne ao fogo com a panela aberta até formar um molho bem espesso e suculento (10 a 15 minutos). 

Finalize com azeitonas e cheiro verde. 

Sirva com arroz branco e saladas. 

Bom Apetite!

Segunda Saudável: Pera

Google Imagens

De origem européia, a pera possui quantidades razoáveis de vitaminas B1, B2 e Niacina ou B3, todas do Complexo B, que regulam o sistema nervoso e o aparelho digestivo que fortifica o músculo cardíaco essenciais ao crescimento, evitam a queda dos cabelos e sanam alguns problemas de pele. 

Ainda contém vitaminas A e C e sais minerais incluindo o sódio, potássio, cálcio, fósforo, enxofre, magnésio, silício e ferro. 

É muito apreciada por suas propriedades nutritivas e pelo delicado sabor. Ideal para regimes, devido ao seu baixo valor calórico (cerca de 53 calorias por cada cem gramas de fruto). Usada em regimes alimentares, devido a sua leveza e textura e de fácil absorção pelo organismo e tratamentos cardíacos, é um bom complemento alimentício, tanto na formação dos ossos, dentes e sangue como mantêm o equilíbrio interno e o vigor do sistema nervoso. 

Tem muitas fibras, por isso é boa também contra a prisão de ventre, inflamação do intestino e bexiga. 

É excelente no preparo de sobremesas, tortas, compotas, cremes, geleias, sorvetes. Largamente apreciada no acompanhamento de queijos picantes e de sabor forte. Quando comidas sozinhas, é costume português pôr açúcar e comer as peras doces. 

Para não escurecer depois de cortada, pode ser respingada com limão. 

De preferência é bom comprar durante o mês de janeiro, pois é encontrada a preços mais em conta. Mas existe pera importada de fevereiro a setembro. 

Por requerer um clima quente para produzir fruto, já que as pereiras não são tão resistentes ao frio como as macieiras, o melhor mês realmente para encontrá-las no comércio é sempre no começo do ano, porém estendendo-se até setembro. 

Fonte: Wikipédia


Banda da semana...Pearl Jam


Pearl Jam é uma banda norte-americana de rock alternativo, formada no ano de 1990 em Seattle, Washington. Desde sua origem, sua formação incluiu Eddie Vedder (vocais, guitarra rítmica), Jeff Ament (baixo), Stone Gossard (guitarra rítmica) e Mike McCready (guitarra solo), passando por mudanças na bateria, sendo Matt Cameron, que também compõe o Soundgarden,o atual baterista da banda. 

Formada após a dissolução da Mother Love Bone,banda anterior de Ament e Gossard, o Pearl Jam estourou no mainstream com seu primeiro álbum, Ten. Uma das bandas-chave do movimento grunge dos anos 90,o Pearl Jam foi criticado em seu início, sendo estereotipado como um grupo com propósitos somente comerciais. Todavia, através da carreira da banda, seus membros se tornaram notados pela sua recusa por aderir às tradicionais práticas da indústria musical, incluindo a recusa em produzirem videoclipes e o engajamento em um boicote contra a Ticketmaster. Em 2006, a Rolling Stone descreveu a banda como tendo "gastado muito da última década deliberadamente tentando destruir sua própria fama." 

Desde sua formação, a banda já vendeu mais de 30 milhões de álbuns nos Estados Unidos,e um número estimado de 60 milhões ao redor do mundo.O Pearl Jam já superou diversos de seus contemporâneos do rock alternativo do começo dos anos 90, sendo considerada uma das bandas mais influentes da década.O Allmusic se refere ao Pearl Jam como "a banda americana de rock & roll mais popular dos anos 90.” 

Curtam agora um dos seus maiores sucessos e uma das minhas favoritas...”Black”. 

Grande abraço e até semana que vem. 



Long Live, Rock’n Roll \o/


20 de outubro de 2012

Patê de Presunto


Minha querida amiga Elidiane fez aniversário e serviu para os convidados uma mesa repleta de petiscos. Eu, particularmente, fiquei apaixonada por esse Patê de Presunto e ela, prestativa como é, tratou de ensinar o passo a passo dessa delícia (receita super fácil).


Ingredientes:
250g de presunto em cubos médios
1 caixa de creme de leite
2 colheres (sopa) bem cheias de maionese
1 colher (sobremesa) de orégano
folhas de louro para decorar


Modo de Preparo:

Bata tudo no liquidificador por 3 minutos. Decore com folhas de louro e leve para gelar por, no mínimo, 1 hora antes de servir.

Bom Apetite!


18 de outubro de 2012

Macarrão à Toscana


Sabe quando você faz uma receita e esta fica entre suas favoritas? Sei que são muitas, aliás muitíssimas, mas mesmo assim quero incluir esse Macarrão à Toscana no top top das minhas favoritas. Fazer o quê, gordinha assumida é assim mesmo (rsrs). Ah, não deixem de experimentar essa delícia, tá?!

Ingredientes:
1 pacote (500g) de macarrão do tipo "parafuso" ou de sua preferência
400g de linguiça toscana
1 lata de tomate pelado
1 sachê de molho de tomate pronto
1 cebola pequena em cubos
2 dentes de alho
12 unidades de azeitonas pretas
1/2 xícara (chá) de manjericão fresco e cortado grosseiramente
2 colheres (sopa) de azeite
pimenta dedo de moça a gosto
sal a gosto


Modo de Preparo:

Cozinhe o macarrão conforme as instruções da embalagem.

Em uma panela grande, doure a cebola e o alho no azeite. Após, acrescente as linguiças (retire a película que envolve a linguiça e corte, com o auxílio de uma faca, pequenos pedaços). Refogue até fritar bem a linguiça. Junte os tomates pelados cortados grosseiramente, o molho de tomate, o manjericão fresco e a pimenta. Deixe cozinhar em fogo baixo por 15 minutos.

Após, acerte o sal, acrescente as azeitonas pretas e cozinhe por 2 minutos. Coloque o molho na massa já cozida.

Bom Apetite!



Saudades da Professorinha

Maurício Sousa
A qualidade da educação pública no Brasil é indiscutivelmente ruim, os devidos investimentos não são realizados. A estrutura física em grande parte é decadente e seus recursos humanos são cada vez mais desvalorizados. 

Houve um tempo que isso foi diferente, as escolas eram tratadas e consideradas como verdadeiros templos, nada lhes faltava. Os professores eram bem preparados, motivados e valorizados por toda sociedade. Os alunos tinham interesse em aprender e acima de tudo respeitavam seus mestres. 

Respeito aos mestres é algo que não existe mais, infelizmente, hoje em dia ser professor não possui mais nenhum glamour, ao contrário, quem segue essa profissão constantemente ouve piadas e observações de mau gosto sobre sua escolha. Sofre com os baixos salários, com o desgaste da correria entre uma escola e outra, com o desrespeito e falta de interesse de seus alunos. 

Sinto saudades do tempo em que a escola era um lugar seguro para as crianças, onde elas recebiam o complemento da educação familiar. Em que os professores recebiam o devido reconhecimento de sua importância na sociedade e eram remunerados com mais justiça. 

Segunda-feira foi o dia do professor, quando criança lembro-me que essa data tinha o objetivo de homenagear o profissional que garantia a formação dos cidadãos brasileiros, hoje é mais um feriado, mais um dia sem aula ou trabalho. 

Por isso quero usar esse espaço para homenagear todos os professores, aos mestres que dedicam e dedicaram suas vidas à partilhar seu conhecimento, a contribuir para a formação de uma sociedade mais justa e igualitária. Saudades de todos os meus mestres. Agradeço a cada professor que tive por seus ensinamentos, dedicação e paciência, por terem acreditado que a educação é um veículo muito importante de crescimento pessoal e desenvolvimento social. Agradeço ainda a todos aqueles que ainda acreditam que a educação é possível, e lutam por ela com amor e dedicação, enfrentando as dificuldades cotidianas com determinação e abnegação!


16 de outubro de 2012

Bolo de Banana com Açúcar Mascavo e Canela



Sou apaixonada por bolo de banana. Até ontem, a minha receita favorita era a de Bolo de Banana com Farinha de Rosca. Mas, hoje, após adaptar algumas receitas que encontrei pela internet, essa nova mistura tornou-se a minha favorita. Espero que gostem assim como eu ^^


Ingredientes:

5 bananas nanicas bem maduras
3 ovos
2 colheres (sopa) de margarina
1 xícara (chá) de leite
1 colher (sobremesa) de canela em pó
1 e ½ xícaras (chá) de açúcar mascavo
2 colheres (sopa) de leite em pó
2 e 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
margarina e farinha para untar

Para polvilhar:
3 colheres (sopa) de açúcar cristal
1 colher (sobremesa) de canela em pó


Modo de preparo:

Com um garfo amasse 4 bananas. Reserve. 

No liquidificador bata os ovos, a margarina, o leite, a canela em pó e o açúcar. Transfira para uma tigela e misture a farinha de trigo, o leite em pó, a banana reservada e, por último, o fermento em pó. 

Coloque em uma forma untada e enfarinhada. Cubra com a banana restante cortada em rodelas. Polvilhe açúcar com canela e asse no forno médio pré aquecido por, aproximadamente, 35 minutos ou até dourar. 

Deixe esfriar e desenforme.

Bom Apetite!

15 de outubro de 2012

Bacon Crocante e Sequinho (Microondas)


Fácil. Muito fácil. Posso descrever também como prático, muito crocante, sequinho e rápido. Quando a receita exigir bacon, não abro a mão desse método (rsrs). Sei que muitos de vocês já conhecem essa dica, mas mesmo assim quero compartilhar com aqueles que, assim como eu, desconheciam essa prática.

Para essa delícia "calórica", você precisará de:
fatias de bacon
folhas de papel toalha
prato

Modo de Preparo:

Forre um prato de vidro com duas folhas de papel toalha. Acomode 4 ou 5 fatias de bacon uma ao lado da outra. Cubra com mais duas folhas de papel toalha. Leve ao microondas, na potência alta, por 3 minutos (atenção: o tempo pode variar de microondas para microondas, portanto coloque no início 2 minutos; ainda não ficou do jeito que você gosta? coloque mais 1 minutinho e assim por diante, até encontrar o tempo ideal).

Retire as folhas de papel ainda quentes e, com cuidado, transfira as fatias de bacon para outro recipiente forrado com papel toalha. 

Repita o procedimento até a quantidade que desejar.

Bom Apetite!


Segunda Saudável: Pepino



Google Imagens
O pepino é originário das regiões montanhosas da Índia e apropriado para o plantio em regiões tropicais e temperadas.Tem sido cultivado desde a Antiguidade na Ásia, África e Europa.Foi trazido para a América por Cristóvão Colombo. 

A espécie apresenta grande variação, entre os inúmeros cultivares, quanto a tamanho, forma, cor dos frutos, sabor e características vegetativas. 

Após um dia muito cansativo, quem nunca escutou a boa e velha dica de colocar rodelas de pepinos nos olhos para relaxar e tirar as olheiras indesejáveis? Pois é. Basicamente composto por água, o pepino oferece muitos benefícios à saúde. Esta hortaliça é um bom calmante, emoliente, laxante e estimulante. Além de auxiliar no controle da temperatura do corpo, a água do pepino ainda elimina as impurezas das células. 

Para quem quer ter o corpo em forma e a pele sempre jovem, é importante saber que o pepino é rico em potássio, o que proporciona flexibilidade aos músculos e elasticidade às células que compõem a pele. O resultado é uma pele viçosa, especialmente a do rosto. 

Contém Vitaminas B1, B2, B3, B5, B6, C, Ácido Fólico, Cálcio, Ferro, Magnésio, Fósforo, Potássio e Zinco,a maioria das vitaminas que você precisa diariamente. 

É utilizado normalmente cru em forma de salada ou picles. Também é usado cozido e recheado, em refogados, e em sopas quentes ou frias. 

Os "pepinos pequenos", conhecidos como "pepino pequeno de Paris" (cornichons), são frutos que se empregam, depois de conservados em vinagre, como condimento. 

Pomada preparada com pepino, é utilizada para amaciar a pele.O pepino batido no liquidificador com água e mel serve para as mãos ressecadas por detergente. 

Depois de colhido e em condição ambiente, o processo de deteriorização do pepino é rápido. Deve ser conservado em geladeira, dentro de sacos de plástico perfurado. A sua duração e de até uma semana sem grandes alterações na cor, sabor e aparência. 

Aproximadamente 95 % do pepino é composto por água, sendo entretanto rico em fibras, daí a sua importância para o sistema digestivo.Em 2008 foi homologado pelo RankBrasil – Recordes Brasileiros, como o “Fruto com menor teor calórico do país”. 

Esta planta é um ótimo tônico para o fígado, rins e vesícula, e dá força aos cabelos e unhas, pelo seu alto teor de sílica e flúor. É um eficiente diurético natural e ajuda a controlar a alta pressão arterial. Pode ser utilizado também nas enfermidades dos dentes e das gengivas.É indicado para amenizar dores de garganta. 

Para facilitar a digestão do pepino, recomenda-se mastigá-lo bem. 

Fonte: Wikipédia


Banda da semana...Pink Floyd


Pink Floyd foi uma banda de rock inglesa formada em Cambridge em 1965, que atingiu sucesso internacional com sua música psicodélica e progressiva. Seu trabalho foi marcado pelo uso de letras filosóficas, experimentações musicais, capas de álbuns inovadoras e shows elaborados. O Pink Floyd é um dos grupos de rock mais influentes e comercialmente bem-sucedidos da história, tendo vendido mais de 200 milhões de álbuns ao redor do mundo. A banda foi induzida ao Hall da Fama do Rock and Roll em 1996. 

A banda, originalmente, consistiu dos estudantes Roger Waters, Nick Mason, Richard Wright e Syd Barrett. Fundado em 1965, eles, inicialmente, tornaram-se populares tocando no cenário underground londrino, no fim dos anos 60. Sob a liderança de Barrett, lançaram dois singles ("Arnold Layne" e "See Emily Play") e um bem-sucedido álbum de estreia, The Piper at the Gates of Dawn, de 1967. O nome Pink Floyd é a abreviação de The Pink Floyd Sound, nome sugerido por Barrett em homenagem a dois músicos de blues admirados por ele: Pink Anderson e Floyd Council. 

O guitarrista e vocalista David Gilmour juntou-se à banda em 1968, meses antes da saida de Barrett do grupo, devido ao seu estado de deterioração mental, agravado pelo uso de drogas. Na sequência da perda de seu principal letrista, Roger Waters tornou-se o principal compositor e líder conceitual do grupo, com Gilmour assumindo a guitarra solo e parte dos vocais. Com essa formação o Pink Floyd atingiu o sucesso internacional com álbuns como The Dark Side of the Moon, Wish You Were Here, Animals e The Wall. 

Wright deixou o grupo em 1979, e Waters em 1985, mas Gilmour, Mason e, subsequentemente, Wright, continuaram a gravar e se apresentar. Waters processou-os por questões legais relacionadas ao uso do nome "Pink Floyd"; todavia, a disputa foi resolvida com uma decisão que permitiu a Gilmour e Mason que continuassem a usar o nome, ainda livrando Waters de quaisquer obrigações contratuais com a banda. Dois álbuns foram lançados após esse conflito: A Momentary Lapse of Reason e The Division Bell. Após quase duas décadas de amargor entre seus membros, o Pink Floyd se reuniu em 2005 para uma única apresentação, no concerto para a caridade Live 8. Wright morreu em 2008. Os membros restantes — Waters, Gilmour e Mason — reuniram-se novamente, para um show da The Wall Tour de Waters, em 12 de maio de 2011, na O2 Arena, em Londres; Gilmour tocou "Comfortably Numb" com Waters e "Outside the Wall" com Mason e Waters. 

Em entrevista concedida ao jornal italiano La Repubblica no dia 3 de fevereiro de 2006, Gilmour indicava o fim do Pink Floyd, declarando que o célebre grupo não produzirá qualquer novo material, nem voltará a reunir-se novamente. No entanto a possibilidade de se fazer uma apresentação similar ao Live 8 não foi descartada tanto por Gilmour ou Mason. 

Dificil indicar somente uma música deles agora,mas vamos lá,ficaremos com “Wish You Were Here”. Muito bom os caras,e pra quem não conhece,vale a pena conferir a discografia. 

Grande abraço e até semana que vem. 


Long Live, Rock’n Roll \o/


12 de outubro de 2012

Macarrão com Camarões e Polvo


Quando meu marido resolve que é o "momento cozinha", ele surpreende e muito. Ele preparou essa receita já faz um tempinho e o resultado ficou incrível. Camarões e polvo no macarrão, para mim, é uma das melhores combinações. Aproveite esse feriado longo e prepare essa delícia!

Ingredientes:
500g de camarões "7 Barbas" limpos e aferventados em água
2 polvos limpos (aproximadamente: 1 kg)
1 pacote de macarrão do tipo "spaguetti"
1 caixa de polpa de tomate
1 pimentão verde em cubinhos
1 pimentão amarelo em cubinhos
1 cebola grande em pétalas
1 tomate grande em pétalas
2 dentes de alho
1/2 xícara (chá) de leite de coco
2 colheres (sopa) de shoyo
2 colheres (sopa) de azeite
sal a gosto



Modo de Preparo:

Coloque os polvos na panela de pressão (sem água e sem tempero) e leve ao fogo baixo por 5 minutos após o apito. Desligue e espere sair todo a pressão. Abra e corte os polvos em pedaços médios. Reserve.

Para os camarões: coloque água para ferver em uma panela. Quando levantar fervura, acrescente os camarões limpos e deixe aferventar por 3 minutos. Escorra e reserve.

Doure a cebola e o alho no azeite. Junte os pimentões e o tomate. Apure por 5 minutos em fogo baixo. Incorpore os polvos e o molho de tomate. Cozinhe por mais 5 minutos. Junte os camarões, o shoyo e o sal. Cozinhe em fogo baixo por, aproximadamente, 10 a 15 minutos. Finalize com o leite de coco.

Cozinhe o macarrão conforme as instruções da embalagem. Reserve.

Misture o molho ao macarrão cozido e bom apetite!



11 de outubro de 2012

A Amizade

Google Imagens

Na última semana um parente muito amado deu o maior susto na família, foi internado às pressas por causa de um enfarte. Isso me levou mais uma vez a refletir muito sobre a vida e o quão ela é frágil.

Em um dia estamos bem, planejando alucinadamente uma grande comemoração, absortos em meio às obrigações do trabalho, de realizações de projetos, de prestar contas à sociedade e de nos preocuparmos com a vida alheia, e de repente vem o baque, uma minúscula veia do coração nos faz parar e olhar ao redor nos fazendo perceber que por muitas vezes deixamos pessoas e momentos especiais de lado envolvidos nessa rotina massacrante.

Esses sustos servem para realizarmos uma avaliação sobre esse tipo de comportamento e para mudarmos isso. No leito de um hospital, quando uma vida depende do sucesso dos procedimentos médicos – o que foi o caso – passamos a refletir melhor sobre tudo. Ai aconteceu mais uma coisa boa, que para os céticos pode ser chamada de coincidência, mas para mim foi uma intervenção divina: um amigo de juventude do meu tio foi visitá-lo, ficou cerca de 40 minutos com ele, mas valeu por horas de conselhos dos médicos e apelos familiares.

Esse amigo foi tão sábio e carinhoso em suas palavras, que me fez reconhecer mais uma vez o verdadeiro sentindo da amizade. Fez-me ver que um bate papo sério, porém amistoso e verdadeiro, pode ser mais eficaz que um remédio, por que faz bem para nossa alma e nos leva a enxergar a situação com outros olhos.

Existem estudos que falam de curas alternativas, com certeza a amizade deve estar entre essas alternativas. Tudo que nos faz refletir, relaxar, rir, relembrar bons momentos, faz bem para nosso espírito e por consequência para nosso corpo. Que não nos esqueçamos disso quando a realidade do dia a dia nos torturar com suas surpresas desagradáveis, com os compromissos inadiáveis e obrigações intermináveis. Entre uma coisa e outra, busquemos o equilíbrio e sem dúvida muitas vezes encontramos isso em um simples oi carinhoso de um amigo.


10 de outubro de 2012

Farofa de Abacaxi e Bacon


Pessoal que adora comida agridoce, essa é receita é tudo de boooom (mesmo!). Pesquisando pela internet, encontrei essa farofinha do Edu Guedes (famoso apresentador e culinarista da TV brasileira). Confesso que essa combinação de abacaxi e bacon já está entre as minhas favoritas. Experimentem!

Ingredientes:
2 xícaras (chá) de abacaxi cortado em cubos 
1 colher (sopa) de açúcar
3 colheres (sopa) de manteiga
2 cebolas médias picadas
1 1/2 xícara (chá) de bacon cortado em cubos pequenos
2 xícaras (chá) de farinha de mandioca crua
1/2 xícara (chá) de cheiro verde picado
sal


Modo de Preparo:

Em uma panela, coloque o abacaxi e o açúcar e deixe apurar por 10 minutos, em fogo médio. Escorra e reserve.

Em outra panela, refogue o bacon na manteiga até dourar bem. Após, junte a cebola e refogue até ficar "transparente".

Acrescente o abacaxi reservado e refogue por mais 5 minutos. Desligue o fogo.

Por fim, acrescente a farinha de mandioca aos poucos, o cheiro verde, o sal e misture até que obtenha uma mistura homogênea.

Bom Apetite!


9 de outubro de 2012

Salada de Batata, Cenoura, Ovos e Salsicha


Apesar de simples, essa saladinha é uma delícia, prática e muito rápida de fazer. Combina perfeitamente com esses dias de sol e calor. Aqui em casa chego até substituir o jantar por essa receita. Espero que gostem!

Ingredientes:
4 batatas médias cozidas e cortadas em cubos
2 cenouras médias cozidas e cortadas em cubos 
2 ovos cozidos e cortados em cubos
4 salsichas aferventadas e cortadas em "meia lua"
1/2 xícara (chá) de cheiro verde
1 colher (sopa) de azeite
1 limão pequeno
1 colher (sobremesa) de orégano
sal 
pimenta do reino


Modo de Preparo:

Em um recipiente grande, misture os legumes, os ovos e as salsichas. Tempere com o cheiro verde, o azeite, o suco do limão, o orégano, o sal e a pimenta do reino.

Bom Apetite!


8 de outubro de 2012

Segunda Saudável: Palmito

Google Imagens

O produto era usado pelos índios que viviam na área de Domínio da Floresta Tropical Atlântica, sendo um dos primeiros alimentos oferecidos aos portugueses, na época do descobrimento. 

O palmito é um caule, da família das hortaliças. É um alimento muito saboroso, retirado do miolo de algumas espécies de palmeiras e está presente em diversos tipos de alimento. Desde o pastel de feira, até a pizza ou a salada, é possível encontrar o palmito e quem não abra mão desse alimento, que é comercializado, normalmente, conservado em salmoura e industrializado, podendo ser encontrado em qualquer mercado. Infelizmente, a extração do palmito acaba causando a morte de algumas das palmeiras, como a Içara ou Jussara (que fornecem o palmito Jussara), sendo necessário desenvolver uma política de cultivo para que a planta continue existindo. Mas em outros casos, como o do palmito pupunha, a planta não morre com a sua extração. 

O palmito é pouco calórico e quase não apresenta gorduras, sendo muito saboroso, uma excelente opção para dar aquele toque diferente para a sua salada. Ele também fornece cálcio, ferro, fósforo, potássio, magnésio, vitamina A, vitamina B e vitamina C, sendo também uma fonte de fibras. Uma porção de 100g de palmito, geralmente, apresenta os seguintes valores nutricionais: 23Kcal, 4,3g de carboidratos, 1,8g de proteínas, 3,2g de fibra alimentar e 514mg de sódio. É um excelente alimento para a manutenção da saúde óssea e para auxiliar no processo de crescimento das crianças, além de atuar no sistema imunológico e diminuir a retenção de líquidos. O potássio presente no palmito ajuda a controlar a pressão arterial. Mas é preciso ficar atento ao seu consumo: não podemos esquecer que o palmito é conservado em salmoura, se transformando em uma fonte de sódio! Portanto, nada de exagerar, principalmente se você tem pressão alta. Mas, se for possível comprar o palmito in natura, não há restrições. 

Para garantir a qualidade do palmito que você vai consumir, lançaram o selo Palmito Seguro, que garante a procedência e a conservação do palmito que você vai comprar, além de garantir que a extração daquele palmito respeitou as normas ambientais. Na hora de comprar, prefira o palmito em vidro, pois é mais fácil ver se o produto está bom. Um conselho é observar a cor do líquido da salmoura, que deverá estar claro e límpido. Não pode estar nem mesmo esbranquiçado para não haver riscos de contaminação. Se o palmito estiver enlatado, a lata não pode estar estufada, amassada e nem apresentar sinais de ferrugem. Uma medida interessante, impressa nos rótulos por determinação do Ministério da Saúde apesar do palmito em conserva estar pronto para o consumo, é ferver esse palmito por 15 minutos, seja na própria água da conserva ou em água limpa, para evitar a possibilidade de contaminação por botulismo já que há a chances de existirem toxinas no palmito. Já o palmito in natura deve ser higienizado como qualquer outra verdura, mas tome muito cuidado no local onde você realiza a compra dele nessa situação: em muitos mercados do interior, em regiões próximas à floresta amazônica, o palmito é extraído e comercializado ilegalmente e sem os devidos cuidados em relação a sua conservação. 

Aproveite todos os benefícios do palmito acrescentando esse alimento em suas saladas, carnes e até mesmo fazendo pratos inteiros com ele, como tortas! 

Fonte: Mundo das Tribos / Wikipédia

Artista da semana...Peter Frampton


Peter Frampton (Beckenham, Kent, 22 de abril de 1950) é um músico britânico mais conhecido por seu trabalho solo nos anos 70 como roqueiro de arena (Album-oriented rock). Ele tornou-se famoso, entretanto, como integrante do The Herd quando se transformou num ídolo das adolescentes na Grã-Bretanha. Frampton ficou famoso por ser o primeiro guitarrista a utilizar do recurso da guitarra falada, que seria anos depois imitado por Slash (Guns n' Roses), Richie Sambora (Bon Jovi) e Dave Grohl (Foo Fighters). Ele então passou a trabalhar com Steve Marriott (dos The Small Faces) na banda Humble Pie, assim como em álbuns de Harry Nilsson, Jerry Lee Lewis e George Harrison. Sua estreia solo foi em 1972 com Wind of Change. 

A explosão solo de Frampton veio com Frampton Comes Alive, seis vezes platina e que incluía os sucessos "Do You Feel Like We Do", "Baby, I Love Your Way" e "Show Me the Way". 

Foi o álbum "ao vivo" mais vendido de todos os tempos. Depois que o álbum seguinte I'm in You foi lançado, Frampton envolveu-se em um sério acidente de carro nas Bahamas. Enquanto se recuperava, ele atuou em 1978, com os Bee Gees, no filme Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band, um fracasso retumbante. Nos anos 80, Frampton voltou a gravar, mas nunca mais retornou às paradas de sucesso. Seu último álbum foi em 2010,Thank You Mr. Churchill. 

Depois do atentado ao World Trade Center em Nova Iorque, Frampton decidiu tornar-se um cidadão americano. Ele teve papel ativo na campanha eleitoral de 2004 do candidato John Kerry. Recentemente Peter Frampton ganhou o seu primeiro Grammy pelo seu álbum totalmente instrumental "Fingerprints", lançado no fim de 2007 que conta com integrantes do Pearl Jam, Rolling Stones, Allman Brothers Band e outros. 

Curtam agora “Baby I Love Your Way”,um dos seus maiores sucessos. Grande abraço e até semana que vem. 



Long Live, Rock’n Roll \o/ 


4 de outubro de 2012

Casquinhas de Siri ou Barquetes de Siri


No último final de semana, meu marido me surpreendeu com essas deliciosas "casquinhas", ou melhor, barquetes recheadas com siri. Foi um sucesso em casa. Minha cunhada amou. Minha sogra pediu bis. Enfim, receitinha fácil... muito fácil mesmo. Espero que gostem^^

Ingredientes:
1 kg de carne de siri
½ xícara (chá) + 3 colheres (sopa) de farinha de rosca
1 vidro (200ml) de leite de coco
2 tomates grandes sem sementes e cortados em cubinhos
1 cebola grande em cubinhos
2 dentes de alho
2 colheres (sopa) de azeite
½ xícara (chá) de cheiro verde
1 pacote de queijo ralado
Pimenta dedo de moça
Sal


Modo de Preparo:

Doure a cebola e o alho no azeite. Adicione a carne de siri e refogue em fogo alto por alguns minutinhos. Incorpore o tomate, o sal, a pimenta e o cheiro verde. Cozinhe por, aproximadamente, 15 minutos.

Misture o leite de coco e refogue por mais 5 minutos.

Acrescente, aos poucos, a ½ xícara de farinha de rosca até formar uma mistura cremosa.

Desligue o fogo e coloque o refogado em uma forma antiaderente. Por cima, espalhe uma mistura de 1 pacote de queijo ralado com 3 colheres (sopa) de farinha de rosca. Leve para gratinar em forno médio pré-aquecido por 10 minutos.

Depois de gratinado, é só rechear as casquinhas, conchas, barquetes ou potinhos próprios.

Bom Apetite!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta nossa Fanpage!

Receber Receitas

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Arquivo do blog

Visitantes