29 de junho de 2012

Bolo de Fubá com Ricota


Vi essa dica naquelas embalagens de mistura para bolo e adorei. A combinação entre fubá e ricota é perfeita, além de dar um toque todo especial no bolo de caixinha.

Para preparar essa receita, você precisará de:

1 embalagem de mistura para bolo sabor fubá
3 ovos
2 colheres (sopa) de margarina
½ xícara (chá) de leite de coco
½ xícara (chá) de ricota amassada

Modo de Preparo:

Em uma tigela, junte a mistura de bolo com os ovos, a margarina, o leite de coco e a ricota. Bata até obter uma massa lisa e homogênea por 5 minutos (se for na batedeira, esse tempo cai para 3 minutos).

Coloque a massa em uma forma untada e enfarinhada e leve para assar em forno pré-aquecido por, aproximadamente, 35 minutos.

Retire do forno, deixe esfriar por 15 minutos e sirva.


28 de junho de 2012

Infância Feliz

Google Imagens
Em rodas de conversas, quando o papo remete a alguma lembrança da infância, recordações aparecem aos montes, em sua maioria com sorrisos e muitas saudades. Brincadeiras lúdicas de rua passa anel, queima entre outras, brinquedos, comerciais, aventuras escolares e passeios com a família. Aquele velho carro do pai que atravessava quilômetros e hoje pensamos: como ele conseguia isso com aquele carro?

Por que pensar nisso? Porque hoje vejo uma infância completamente diferente, crianças abandonadas, que desde cedo precisam aprender a “se virar” sozinhas – não que a pobreza nunca tenha existido, mas a exploração cresceu e parece não ter mais fim. De outro lado, crianças que nasceram em famílias com melhores condições financeiras, possuem muito conforto material, mas sofrem pela ausência de seus pais que dedicam a vida ao trabalho, para manterem o alto padrão e se esquecem que seus filhos também precisam de apoio emocional para tornarem-se adultos equilibrados.

Esses jovens, pobres ou ricos, costumam não ter limites. Não aprendem princípios básicos para conviver em sociedade, como respeito e ética. É comum vermos jovens afrontando qualquer pessoa que lhes desagrada, seja por um motivo sério e banal. Em sala de aula, essa situação tornou-se cotidiana, os professores do posto de educadores passaram a vítimas de seus alunos que não querem estudar, que apenas querem mostrar que são mais fortes e que ninguém “pode com eles”. Esse cotidiano de desrespeito continua evoluindo, afrontar apenas a autoridade dos professores e funcionários não basta mais, agora também esse desrespeito é distribuído entre os pares. Alunos agridem alunos de maneira revoltante e os colegas filmam tudo e colocam na internet, não após divertirem-se com a briga.

Tenho muito receio das lembranças que meus sobrinhos e seus amigos terão de sua infância. Sentirão saudades dos tempos de escola, das brincadeiras com amigos e reuniões de família? Poderão dizer um dia: “fui uma criança feliz!”. E seus filhos poderão?


27 de junho de 2012

Carne Moída Sequinha


Para mim, não tem tempo ruim quando o assunto é carne moída: amo de qualquer jeito (mais sequinha, com legumes, com verduras, no forno, com molho de tomate, etc). Considero uma das misturas mais práticas do dia a dia. Nessa versão, ela fica bem sequinha e é ideal para colocar em recheios de salgados, tortas e pizzas, ou, simplesmente, para acompanhar aquele arroz, feijão e salada do dia a dia.

Ingredientes:
500g de carne moída (acém, músculo, patinho ou carne de sua preferência)
1 cebola pequena em cubinhos
2 dentes de alho
1 limão
1 colher (café) rasa de sal
2 colheres (sopa) de óleo ou azeite
Pimenta dedo de moça
Orégano
Cebolinha


Modo de Preparo:

Aqueça o óleo em uma panela de fundo grosso. Coloque a carne moída e deixe fritar bem (para a carne ficar sequinha e solta, primeiro de tudo, refogue a carne assim, sem tempero algum, somente o óleo). Quando secar totalmente a água e a carne moída estiver soltinha, acrescente os temperos (cebola, alho, orégano, suco do limão, sal e pimenta). Deixe apurar até a carne moída ficar bem moreninha. Finalize com a cebolinha picada.

Bom Apetite!
26 de junho de 2012

Brócolis Romanesco na Manteiga




Não conhecia esse Brócolis Romanesco até esse final de semana. Achei lindo, já a minha filha o caracterizou como "que coisa estranha"... rsrs. Enfim, fiz ele na manteiga e posso afirmar que esse brócolis é extremamente saboroso. Viciei. Se você encontrá-lo no mercado ou  na feira, pode comprar sem medo algum. O sabor é incrível. Recomendo e assino embaixo!

Ingredientes:
1 maço de brócolis romanesco
2 colheres (sopa) de manteiga
Sal

Modo de Preparo:

Lave o maço de brócolis romanesco em água corrente. Separe os buquês. Reserve.

Em um saco plástico próprio para congelador/microondas, coloque os buquês de brócolis. Dê um nó na extremidade e fure o saquinho diversas vezes com o auxílio de um palito de dente.

Leve ao microondas, na potência máxima, por 5 a 7 minutos. O ponto ideal é “al dente”.

Abra o saco plástico com cuidado por causa do vapor.

Enquanto isso, derreta a manteiga em uma panela e acrescente o brócolis. Deixe apurar por 3 a 4 minutos. Acerte o sal.

Bom Apetite!


25 de junho de 2012

Sorteio no Brincando de Cozinhar e Cia #13



Tem perfil no Facebook? Então, participe do nosso sorteio especial de julho. Basta curtir a nossa fanpage (clique aqui), compartilhar a promoção no seu mural e boa sorte!

Não tem perfil no Facebook? Sem problema! Basta deixar um comentário nesse post com seu nome, email e cidade.

Moleza, né?! Participem!

O sorteio acontece no dia 15 de Julho. Quem será o(a) sortudo(a) dessa vez?

Segunda Saudável: Mamão

Google Imagens
O mamão (Carica papaya), originário da América Tropical, é uma das melhores frutas do mundo, tanto pelo seu valor nutritivo, como pelo poder medicinal.

Cada parte desta planta é preciosa, a começar pelo tronco! De sua parte interna, retira-se uma polpa que - depois de ralada e seca - assemelha-se ao coco ralado. É rica em propriedades nutritivas e aproveitada em alguns lugares no preparo de deliciosas rapaduras.

O cozimento das raízes dá um tônico para os nervos que é também remédio para as hemorragias renais.

As folhas do mamoeiro, após secas à sombra, têm aplicação no preparo de agradável chá digestivo que pode ser dado livremente às crianças, pois não contém cafeína.

O suco leitoso extraído das folhas é o vermífugo mais enérgico que se conhece. Usa-se diluído em água. Ainda é digestivo e cura feridas. Em diversos lugares, a medicina popular o utiliza para tratar eczemas, verrugas e úlceras.

Os índios preparam a carne envolvendo-a com folhas de mamoeiro por algumas horas antes de levá-la ao fogo. Este processo amacia a carne.

Com as flores do mamoeiro macho prepara-se um maravilhoso xarope que combate a rouquidão, tosse, bronquite, gripe e indisposições gástricas causadas por resfriados.

Coloca-se um punhado de flores, com um pouco de mel em vasilha resistente ao calor, mas que não seja de alumínio. Acrescenta-se um copo de água fervendo, tapando-se bem. Depois de esfriar, toma-se às colheradas, de hora em hora.

Com o fruto verde faz-se um doce maravilhoso. Pode-se também prepará-lo ensopado ou ao molho branco. É uma iguaria!

O mamão maduro:

* é altamente digestivo (cada grama de papaína – fermento solúvel contido no fruto – digere 200g de proteína)
* tem mais vitamina C que a laranja e o limão;
* contribui para o equilíbrio ácido-alcalino do organismo;
* é diurético, emoliente, laxante e refrescante;
* cura prisão de ventre crônica;
* comido em jejum, pela manhã, faz bem ao estômago;
* é eficaz contra a diabete, asma e icterícia;
* bom depurativo do sangue;
* não pode faltar na alimentação da criança, pois favorece o seu crescimento.

Depois de comer-se o mamão, esfrega-se a parte interna da casca sobre a pele para tirar manchas, suavizar a cútis áspera e eliminar rugas.

Mastigar de 10 a 15 sementes frescas elimina vermes intestinais, regenera o fígado e limpa o estômago. Comidas em quantidade, são eficazes contra câncer e tuberculose.

Faltava dizer que qualquer uso que se faça de qualquer parte desta planta, traz consigo uma ação vermífuga poderosa, o que bastaria para destacar sua importância.

Fonte: Arte de Nutrir / Pega Cifras Uol



Banda da semana...Marillion!


O Marillion teve sua origem no início dos anos 80 apresentando-se como o principal representante da nova geração do Rock Progressivo Inglês, já que este estava em decadência desde o aparecimento do Movimento Punk e do New Wave, além do abandono do estilo feito pelas bandas consideradas seus principais “medalhões”, como o Genesis, Yes, ELP e Pink Floyd.

A primeira formação geralmente é conhecida como “Era Fish”, quando a banda era liderada pelo vocalista e letrista escocês Dereck William Dick, artisticamente conhecido como FISH. De estilo performático e dramático, foi com essa formação (Fish - vocais, Steve Rothery - guitarra, Pete Trevawas - baixo, Ian Mosley - bateria e Mark Kelly - teclados) considerada pela maioria dos fãs de “clássica”, que o Marillion atingiria seu auge comercial e de crítica com o disco Misplaced Childhood (disco que contém seu principal sucesso comercial, a música Kayleigh).

Essa formação ao total lançaria 4 discos de estúdio (com exceção do primeiro de estúdio, “Script for a Jester’s Tears”, que teve como baterista Mike Pointer, atual Arena), uma coletânea de singles inéditos e sobras de estúdio (B-Sides Themselves), além de 3 discos ao vivo. Em 1988, por problemas de relacionamento com a banda, Fish deixa o Marillion e parte para uma carreira solo (que mantém ativa até os dias atuais).

Isso abre espaço para a entrada do vocalista Steve Hogarth, que se mantém até os dias atuais, tendo lançado oficialmente mais de 10 álbuns de músicas inéditas (e mais uma infinidade de discos ao vivo, edições exclusivas de faixas não lançadas e material raro voltado para o fã clube e disponíveis diretamente no site oficial da banda) com a banda desde então. De estilo mais discreto e menos teatral do que o vocalista anterior, H (como é conhecido pelos fãs) compensa essa “falta” com um vocal extremamente técnico e melódico, além de ter ajudado a manter o alto nível das composições dos tempos da “Era Fish”. Além de vocalista, é um instrumentista competente e participa ativamente na composição musical das faixas.

O início da “Era H” começa com uma tentativa de manter o estilo consolidado nos anos 80, mas dando uma roupagem mais “pop” e com mais músicas voltadas para o mainstream, mas com resultados decepcionantes para a gravadora EMI. A despeito disso, foi nesse período que a banda produziu aquele que até hoje é considerado com um dos melhores momentos criativos da banda, o disco “Brave”.

Na segunda metade dos anos 90, o Marillion entra numa fase contínua de experimentalismo e de atualização do seu trabalho, adotando elementos eletrônicos e do chamado “novo rock inglês”, não sendo mais possível, portanto, ser mais classificado apenas como uma banda de “rock progressivo”, sem, contudo, deixar que essas origens desapareçam nas composições.

A partir de 1997, a banda passa a ser totalmente independente com a criação de sua própria gravadora (Racket Records) e vem utlizando desde então várias campanhas de financiamento diretamente com os fãs, sem precisar das gravadoras, para produzir, gravar e distribuir seus discos.

Seu 14º álbum, “Somewhere Else”, foi lançado em abril de 2007. Em novembro do mesmo ano, a banda anunciou em seu site a pré-produção (e pré-venda) do 15º disco, que será duplo (assim como havia sido o já considerado clássico “Marbles” de 2004 em edição especial somente disponível no site).

Finalmente o 15º disco saiu em outubro de 2008 em edição de dois volumes (“Happiness is the road”:
Volume 1 - Essence Only, Volume 2 - The Hard Shouldery).

Para 2012 a banda anunciou uma grande tunê em vários países da América do Norte e América do Sul, tendo o Brasil como um dos destinos, país onde a banda não se apresenta desde 1997. A banda também anunciou que está em processo de gravação de seu 16º disco de estúdio, com previsão para o segundo semestre de 2012.

Curtam agora uma das minhas favoritas...”No one can”. Grande abraço e até semana que vem.


Long Live, Rock’n Roll \o/

22 de junho de 2012

Ambrosia


Conheci essa receita através do site do Mais Você (Ana Maria Braga). Apesar do doce levar um tempo consideravelmente grande de preparo, afirmo que o resultado vale muito a pena. Aqui em casa todos aprovaram. Experimente!

Ingredientes:
3 litros de leite integral
suco de 3 limões grandes (ou 4 pequenos)
suco de 2 laranjas
casca de 1 laranja
2 xícaras (chá) de açúcar
cravo e canela em pau a gosto
1/2 xícara (chá) de água
1 xícara (chá) de açúcar


Modo de Preparo:

Numa panela grande e de fundo grosso, fora do fogo, coloque leite integral, suco de limão, suco de laranja, casca de laranja, açúcar, cravo e canela em pau a gosto. Mexa e leve ao fogo alto. Deixe ferver até reduzir o volume pela metade (cerca de uma hora e meia). Não mexa o doce para não desmanchar os grumos.

Durante a fervura, o doce formará grumos sólidos na superfície e terá uma parte líquida embaixo. Espere até que seque bem, reduzindo o volume pela metade.

Numa outra panela em fogo médio, coloque água e açúcar e deixe até formar um caramelo. Acrescente no doce ainda fervendo e deixe ferver por mais 5 minutos.

Sirva quente com sorvete ou frio com queijo branco.


21 de junho de 2012

Família

Google Imagens
Papai, mamãe, avós, tios, filhos, primos, netos e outros membros compõem uma família. Pessoas comuns, que vivem seu dia a dia cheios de afazeres, compromissos e muita correria. Normalmente, quando uma família é muito grande, nem sempre seus membros conseguem se encontrar com muita freqüência, por vezes passam anos sem se verem.

Via de regra, há dois eventos que reúnem as grandes famílias, um triste e outro feliz. O primeiro é o caso de perda de um dos membros, nesse momento todos deixam seus afazeres importantes, sua rotina e correm para prestarem as últimas homenagens a quem partiu. Esse é um momento muito difícil, de lágrimas e saudosismo. Quase não há prazer nesse reencontro ou tempo para conversar e matar saudades. A dor da perda de quem partiu, o vazio que ficará por sua ausência tomam todo espaço existente.

O segundo motivo que quero destacar é o casamento. Evento que reúne familiares e amigos para celebrar uma promessa de felicidade eterna, por isso é um reencontro feliz. Rever tios de quem não lembramos, primos que quando nos encontramos pela última vez tinham cinco ou dez anos e que agora já tem filhos com cinco ou dez anos, é uma festa à parte. O tempo da festa é dividido entre celebrar a nova família que está sendo criada à partir daquela cerimônia, e rever, contar e ouvir tudo sobre a vida de todos os parentes distantes.

Mil fotos são batidas, uma disputa para ver quem ficará ao lado do tio anfitrião, da vovozinha, ou do primo mais bonito. Relembrar os parentes que já desencarnaram, ouvir as fofocas sobre a vida de um ou outro primo, conhecer os novos bebês, ai que delícia.

Família é isso, a base sólida que todos nós precisamos ter, mesmo que vivamos a distância. Basta sabermos que no instante que for necessário eles estarão lá, como o apoio necessário para superação de um momento difícil. Esta instituição que já foi muitas vezes vaticinada como falida, é um dos mais importantes pilares de sustentação social a sua desestruturação tem nos custado muito caro.


20 de junho de 2012

Tomates Assados


Apesar da simplicidade dessa receita, o sabor é marcante e temos aquela sensação de "quero mais", principalmente quando ficamos de olho na dieta e buscamos uma combinação mais light no dia a dia.

Para preparar esses tomates assados, você precisará de:
3 unidades de tomates do tipo rasteirinha
1 dente de alho
orégano
manjericão
pimenta do reino
sal
azeite



Modo de Preparo:

Pré-aqueça o forno por 10 minutos.

Em um refratário, acomode os tomates cortados ao meio. Tempere com pitadas de orégano, manjericão, pimenta do reino e sal. Corte o alho em lâminas e distribua pelos tomates. Regue com um fio de azeite e leve ao forno baixo por 10 a 15 minutos.

Bom Apetite!


19 de junho de 2012

Refogado de Cenoura com Shoyo


Adoro essa combinação de cenoura e shoyo, pois proporciona ao legume um toque oriental, mais agridoce e com gostinho de quero mais. É uma receita vapt-vupt, então experimente hoje mesmo!
Ingredientes:
2 cenouras grandes em rodelas de, aproximadamente, 1 cm
2 dentes de alho espremidos
½ cebola cortada em cubinhos
1/3 xícara (chá) de shoyo
¼ xícara (chá) de água
1 colher (rasa – sobremesa) de amido de milho
Azeite


Modo de Preparo:

Doure a cebola e o alho no azeite. Acrescente as rodelas de cenoura e deixe refogar por 2 minutos.

Adicione a água e o molho shoyo. Reduza o fogo e deixe a tampa da panela semi aberta. Cozinhe até sentir que a cenoura amoleceu.

Antes de desligar o fogo, dilua o amido de milho em um pouco de água e acrescente no refogado. Misturando até engrossar o molho.

Desligue o fogo e sirva com arroz, salada e carnes.

Bom Apetite!
18 de junho de 2012

Segunda Saudável: Maçã

Google Imagens
Uma fruta saborosa e saudável de cor avermelhada, mas também pode ser verde. A Maçã parece transcorrer maravilhosamente pela história da humanidade.

O primeiro é conhecido de todos os religiosos cristãos e que seguem a tradição judaica. Podemos ler na bíblia sagrada o episódio do pecado original quando Adão e Eva “comem da fruta proibida.” Essa fruta era exatamente a saborosa e saudável Maça; o segundo momento em que essa fruta aparece e de forma revolucionária na história da humanidade é quando “ela cai na cabeça” do grande físico Isaac Newton enquanto ele descansava à sombra de uma macieira. Nesse momento, Newton medita o porquê desta fruta cair, e posteriormente desenvolve a Lei da gravitação universal e as chamadas três leis de Newton.

A maçã é o fruto pomáceo da macieira. É um dos frutos de árvore mais cultivados, e o mais conhecido dos muitos membros do género Malus que são usados pelos seres humanos. As maçãs crescem em pequenas árvores, de folha caduca que florescem na Primavera e produzem fruto no Outono. A árvore é originária da Ásia Ocidental, onde o seu ancestral selvagem, Malus sieversii, ainda é encontrado atualmente. As maçãs têm sido cultivadas há milhares de anos na Ásia e Europa, tendo sido trazidas para a América do Norte pelos colonizadores europeus. As maçãs têm estado presentes na mitologia e religiões de muitas culturas, incluindo as tradições nórdica, grega e cristã. Em 2010, o genoma da fruta foi descodificado, levando a uma nova compreensão no controlo de doenças e na reprodução seletiva durante a produção de maçã.

A maçã sempre foi uma importante fonte alimentícia em regiões de clima frio. Provavelmente, a macieira é a árvore cultivada há mais tempo pelo homem. É a espécie de fruta, à exceção dos cítricos, que pode ser conservada durante mais tempo, conservando boa parte de seu valor nutritivo. As maçãs de inverno, colhidas no final do outono e guardadas em câmaras ou armazéns acima do ponto de congelamento, têm sido um alimento destacado durante milênios na Ásia e na Europa e, desde 1800, nos Estados Unidos da América.

As variedades mais conhecidas são a Gala, a Fuji, Granny Smith, Golden Delicious e Red Delicious.

***Gala

De formato redondo e alongado e cor vermelho-clara, muito doce. Muito boa para ser consumida crua, tem polpa bem firme e ligeiramente ácida. Também pode ser utilizada em receitas assadas.

***Fuji

Tem sabor doce e ácido, redonda, de casca vermelha rajada, polpa dura, textura suculenta.

***Red delicious

De casca vermelho brilhante e escura. É a mais doce de todas e não é muito ácida. São parecidas com as argentinas. Ótimas para comer ao natural, e em preparações assadas.

***Golden Delicious

Vermelha com tons avermelhados. Boa para doces e também em saladas.

***Granny Smith

Também conhecida como maçã verde, tem a casca verde e azeda. Ótima para doces e compotas.


Beneficios

Calorias cada 100g têm em média 63 calorias.

As maçãs médias pesam cerca de 150g, com um total de 95 calorias.

Contém vitaminas B1, B2, A, além de fósforo, ferro e potássio. É rica em fibras e ajuda no processo digestivo.

Rica em pectina, substância que protege a mucosa do aparelho digestivo e que ajuda a dar ponto em geléias. A pectina é uma das melhores fibras de alimentos para controlar os teores de colesterol. Ela também torna a absorção de glicose menos eficiente, fazendo com que o açúcar penetre no sangue mais lentamente. Isto é bom para os diabéticos, evitando desta maneira que não ocorra aumento da glicemia, em pico da insulina.

Tem substâncias fitoquímicas como o ácido elágico que pode ajudar a prevenir alguns tipos de câncer e o octacosanol que ajuda a prevenir a doença de Parkinson.

O ácido málico ajuda a tirar as impurezas do sangue e também é ótima para o cérebro, pois contém ácido fosfórico numa forma facilmente digerível.

Contribui para um sono tranqüilo, principalmente consumindo o chá da casca da maçã.

Impede a formação de cálculos.

O ideal é consumi-la ao natural com casca, pois assim você vai aproveitar mais suas vitaminas e os sais minerais.

Fonte: Benefícios dos Alimentos / Portal São Francicos / Wikipédia

Banda da semana...Metallica!


Metallica é uma banda norte-americana de metal formada na cidade de Los Angeles, Califórnia. Os seus lançamentos incluem tempos rápidos, instrumentais, e musicalidade agressiva, a qual os colocou no lugar de uma das bandas fundadoras dos "Big Four" do thrash metal, conjuntamente com Slayer, Megadeth e Anthrax. A banda foi formada em 1981, após James Hetfield responder a um anúncio que o baterista Lars Ulrich colocou no jornal local. Em 2003, a formação passou a consistir no guitarrista principal Kirk Hammett (que se juntou à banda em 1983) , e no baixista Robert Trujillo (membro desde 2003), bem como Hetfield e Ulrich. Antes de chegar à sua formação atual, a banda teve vários membros: guitarrista principal Dave Mustaine (que mais tarde fundou os Megadeth), e baixistas Ron McGovney, Cliff Burton e Jason Newsted.

A banda ganhou uma crescente base de fãs na comunidade de música underground, e alguns críticos dizem que o lançamento de 1986 Master of Puppets é um dos álbuns de thrash metal mais influentes e "pesados". A banda alcançou um substancial sucesso comercial com o seu álbum auto-intitulado de 1991, que estreou em primeiro lugar na Billboard 200. Alguns críticos e fãs acreditavam que o estilo musical da banda mudou de sentido apelando para o público mainstream. Com o lançamento de Load em 1996, Metallica distanciou-se de seus lançamentos anteriores, sendo descrito como "uma abordagem quase rock alternativo", e a banda enfrentou acusações de "tornar-se comercial".

A banda já lançou nove álbuns de estúdio, quatro álbuns ao vivo, seis extended plays, uma coletânea, vinte e quatro videoclipes, quarenta e cinco singles, um álbum colaborativo e finalizou o trabalho em seu nono álbum de estúdio, Death Magnetic. Tornou-se um dos mais influentes grupos de heavy metal, e a mais bem sucedida comercialmente banda de metal de todos os tempos, com mais de 140 milhões de registros vendidos em todo o mundo, incluindo 69 milhões nos Estados Unidos. A banda já ganhou nove Grammy Awards, entrou para o Rock and Roll Hall of Fame e teve cinco álbuns em primeiro lugar na Billboard 200. O álbum Metallica, de 1991, já vendeu mais de 28 milhões de cópias mundialmente.

Vamos curtir agora um dos seus maiores sucessos e uma das minhas favoritas,”The Unforgiven”.
Grande abraço e até semana que vem.


Long Live, Rock’n Roll \o/


17 de junho de 2012

Resultado do Sorteio de Junho

Quem será o(a) sortudo(a) dessa vez, hein?! O sorteado do blog Brincando de Cozinhar e Cia levará para casa: 02 panos de prato com o tema cupcake, 01 toalhinha de mão para cozinha e 01 porta-lenço super fofo em patchwork.


No total, tivemos 52 inscrições. O site Random, especializado em sorteios eletrônicos, apontou o número 41 como vencedor.


E o número 41 corresponde à participante Monica Maia da cidade de Jaboticabal/SP.


Parabéns, Monica. Entraremos em contato para procedermos a entrega do seu mimo. Mês que vem teremos mais sorteios no blog, então fiquem atentos!!!

Um super beijo.


15 de junho de 2012

Iscas de Frango Aceboladas


Essas iscas de frango é ideal para o almoço do dia a dia ou para aquele petisquinho de final de semana (com uma cerveja geladinha, rodelas de pão fresquinho e molho de pimenta... aiaiaiai). Fala sério, não é uma tentação?

Ingredientes:
1 peito de frango
2 cebolas em rodelas finas
1 limão
2 colheres (sopa) de mostarda
½ pimenta dedo de moça sem sementes
Pimenta do reino
Orégano
Sal
Azeite

Modo de Preparo:

Corte o peito de frango em cubos grandes e coloque-os em uma bacia com água e 2 colheres (sopa) de vinagre. Aguarde 5 minutos e escorra a água.

Em um outro recipiente, coloque os cubos de frango, o suco de 1 limão, a mostarda, a pimenta dedo de moça, a pimenta do reino, orégano e o sal. Misture bem e deixe na geladeira por, no mínimo, 1 hora.

Na panela, aqueça um fio de azeite e coloque as iscas de frango. Deixe refogar bem até dourá-las. Por último, acrescente as cebolas em rodelas finas e misture bem até a cebola dourar. Se necessário, coloque 2 colheres (sopa) de água para que o “queimadinho” da panela junte-se nas iscas.

Desligue o fogo e sirva em seguida.

Bom Apetite!

14 de junho de 2012

Tempo Perdido

Google Imagens
A vida é uma caixinha de surpresas – diz o velho ditado – quando menos se espera ela sofre uma transformação, escrevi sobre isso no artigo da última semana, dessa vez pretendo escrever sobre as pessoas que não são capazes de reagir às mudanças. Pessoas que não as aceitam e por isso empacam feito burro de carga – apenas para ilustrar com outro velho ditado.

Pois bem, não sou especialista em qualquer tipo de ciência comportamental, o que sei, aliás, o que penso que sei sobre o tema, é fruto de minha experiência pessoal, de quem conviveu com muitas pessoas, de quem já viveu inúmeras situações, e aí pode dar seu “pitaco” sobre o tema.

Enfrentar uma mudança sem um planejamento prévio, não é das tarefas mais fáceis ou sequer pode ser considerado uma situação confortável, mas elas acontecem. As transformações, por inúmeros motivos, nem sempre enviam um aviso prévio. Quando muito, emitem fracos sinais que precisam ser decodificados pelos mais atentos.

Entretanto, há aqueles que resistem bravamente a qualquer mudança. Que se prendem ao passado, às velhas fotografias, aos papéis amarelados pelo tempo e à memória daqueles que se foram e que, mesmos não estando mortos, continuam suas vidas em outros ambientes, com outras pessoas, e às vezes não querem ou não podem voltar, pois isso significaria uma regressão.

Essas pessoas que enfrentam dificuldades com o novo, costumam não enxergar o óbvio, que depende delas o sucesso ou o fracasso de sua nova jornada. Ao se posicionarem contra as mudanças, contra os novos ares ou diretrizes, essas pessoas tendem a se isolar e principalmente a se prejudicar, pois tornam-se antipáticas e mais que isso, tornam-se obsoletas, quando o ambiente é o do trabalho.

Elas, já considerando-as obsoletas, perdem a oportunidade do crescimento, de novos relacionamentos e oportunidades. Perdem espaço para o novo que chega e transforma a realidade. Assim, tornam-se apenas pessoas perdedoras, e quando perceberem isso pode ser muito tarde para recuperar o tempo perdido.

13 de junho de 2012

Refogado de Brócolis e 3 Pimentões


Receita pra lá de simples, mas mesmo assim uma combinação saborosa de brócolis e pimentões. Ideal para servimos no almoço de hoje.... que tal?

Ingredientes:
1 brócolis do tipo “japonês”
½ pimentão vermelho
½ pimentão amarelo
½ pimentão verde
1 cebola pequena em cubinhos
2 dentes de alho
Azeite
Sal
Pimenta

Modo de Preparo:

Em uma panela, doure o alho e a cebola no azeite. Acrescente o brócolis cortado em pequenos buquês e as rodelas de pimentões. Cozinhe em fogo baixo até o brócolis ficar macio. Caso tenha necessidade, acrescente ¼ xícara (chá) de água.

Tempere com sal e pimenta.

Bom apetite!


12 de junho de 2012

Ideias para o Dia dos Namorados

Hoje é comemorado o Dia dos Namorados no Brasil. Você já pensou o que vai fazer de bom para seu amor nesse dia tão especial? Sugiro um jantarzinho a dois. Quer coisa mais gostosa do que essa? Passar um momento delicioso ao lado da pessoa que você ama!

Para ajudar, o Brincando de Cozinhar e Cia dá algumas sugestões de receitas para você preparar hoje à noite. Vamos lá?

Ideias para Entrada:
Bruschetta
Falso Sushi
Salada de Batatas e Ervilhas
Salada de Macarrão com Atum



Ideias para Prato Principal:
Escondidinho de Carne Seca
Frango ao Curry com Leite de Coco
Fricassé de Frango
Moussaka



Ideias para Sobremesa:
Abacaxi Gelatinado
Beijinho de Uva
Bombom de Morango
Torta Mousse de Maracujá


Um Feliz Dia dos Namorados para todos vocês *____*


11 de junho de 2012

Segunda Saudável: Lentilha

Google Imagens
Vários apontamentos históricos indicam que a Lentilha teve origem na Ásia central e o seu consumo remonta há cerca de 8000 anos, pois foi um dos primeiros alimentos a ser cultivado na pré-história.

Durante milénios, a Lentilha foram ingeridas juntamente com cevada e trigo, devido à combinação agradável destes alimentos, foram difundidos por toda a África e Europa durante as migrações e explorações de tribos culturais.

Um século AC, a Lentilha foi introduzida na Índia, um país cuja cozinha tradicional utiliza, num prato conhecido por “dal”, Lentilhas picantes como ingrediente-chave. Os países católicos utilizam com frequência a Lentilha durante o período da quaresma.

Atualmente, os principais produtores desta leguminosa, a nível mundial, são a Índia, Turquia, Canadá. China e Síria.

A Lentilha é a semente de uma planta pertencente à espécie Lens ensculenta, que é constituída por vagens que contêm uma ou duas sementes.

São classificadas de acordo com o seu tamanho, em pequenas ou grandes, existindo dezenas de variedades de cada, que se distinguem pela cor que exibem: verde, castanho, preto, amarelo, vermelho ou cor-de-laranja.

As Lentilhas podem ostentar forma redonda, oval ou de coração. Estão disponíveis inteiras ou divididas em metades. As diferentes variedades apresentam consistências também diferentes.

Comparando com outras leguminosas, as Lentilhas apresentam tempos de preparação e confecção mais curtos. As verdes e castanhas mantém melhor a sua forma após cocção, enquanto as restantes geralmente apresentam consistências mais suaves. O sabor também varia consoante a variedade, apresentando, porém, na sua maioria um sabor pouco acentuado.

Absorvem facilmente o sabor dos alimentos e temperos com os quais entram em contacto.

Informação nutricional

A Lentilha corresponde a um alimento de elevado valor nutricional, pois contém quantidades apreciáveis de proteínas, hidratos de carbono, dos quais se destaca o teor em fibra alimentar, e são praticamente isentas de gordura.

Apresenta, também, um perfil em micronutrimentos bastante interessante devido à riqueza em vitaminas, especialmente do complexo B como ácido fólico, minerais como magnésio, fósforo e potássio, e oligoelementos como molibdénio, manganésio, ferro, cobre.

Vantagens e desvantagens

A Lentilha é um alimento pequeno mas com grande densidade nutricional. Fornece quantidades consideráveis de fibra solúvel e insolúvel, a primeira em especial, apresenta uma acção benéfica na redução do colesterol plasmático e na regulação dos níveis de açúcar no sangue, pois forma um gel com a bile, rica em colesterol, excretando-o e, juntamente com a acção dos hidratos de carbono complexos, promovem uma absorção mais lenta da glicose, evitando a hiperglicemia (açúcar elevado no sangue).

A fibra insolúvel contribui para aumentar o bolo fecal, prevenindo a obstipação e patologias digestivas como síndrome do cólon irritável e diverticulose.

Desta forma, a ingestão regular de alimentos ricos em fibra, como as Lentilhas, melhora consideravelmente função digestiva e cardiovascular.

A saúde cardiovascular é promovida, não só devido ao teor em fibra, pelo já descrito, como também ao teor em folatos e magnésio. O folato ajuda a diminuir os níveis de homocisteína, um factor de risco para a doença cardiovascular e o magnésio melhora a circulação sanguínea e a oxigenação dos tecidos.

Corresponde, também, a uma fonte considerável de ferro, cujas necessidades estão particularmente aumentadas em grupos de risco da sua deficiência, como as grávidas, lactentes, crianças e adolescentes e, também, mulheres menstruadas, devido às perdas sanguíneas. O ferro é um componente da hemoglobina, molécula responsável pelo transporte de oxigénio dos pulmões para os tecidos e também integra os principais complexos enzimáticos para a produção de energia.

Contudo, a biodisponibilidade do ferro é optimizada aquando da ingestão desta leguminosa juntamente com um alimento rico em vitamina C, como limão, laranja ou salsa.

A Lentilha é, ainda, rica em purinas. Um composto cuja ingestão excessiva pode aumentar os níveis séricos de ácido úrico. A ingestão de alimentos ricos em purinas deve ser moderada em indivíduos com hiperuricemia.

Como comprar e conservar

As Lentilhas estão disponíveis nos supermercados durante todo o ano. Apresentam-se, habitualmente, em embalagens ou em silos.

Tal como outros alimentos disponíveis a granel, certifique-se que os recipientes que contêm as Lentilhas estão bem acondicionados e que a loja, onde as adquire, tem uma boa rotatividade do produto de modo a garantir a sua máxima frescura.

Quer adquira as Lentilhas a granel ou numa embalagem, verifique se estão íntegras e intactas, isenta de marcas de esmagamento, indícios de humidade e marcas de insetos.

Pode encontrar em alguns locais Lentilhas em conserva, desta forma pode preservar o seu valor nutricional desde que sejam cozinhadas durante um curto período de tempo. Por sua vez, as Lentilhas secas, além de necessitarem de ser demolhadas, necessitam também de um tempo de cocção mais longo.

Leia atentamente a rótulo das conservas desta leguminosa e prefira as que não contêm adição de sal ou aditivos.

Armazene as Lentilhas num recipiente hermeticamente fechado, local fresco, seco e escuro. Desta forma, serão conservadas até 12 meses.

Se adquirir Lentilhas em momentos diferentes, conserve-as em locais separados, porque podem encontrar-se em fases distintas de secura, e, por essa razão, exigirem diferentes tempos de cocção.

Após cozimento, pode armazená-las no frigorífico durante três dias, dentro de um recipiente hermeticamente fechado

Fonte: Estação Vida & Saúde / Wikipédia
Artista da semana...Lenny Kravitz!



Leonard Albert "Lenny" Kravitz (Nova Iorque, 26 de Maio de 1964) é um cantor, multi-instrumentista, produtor e arranjador norte-americano, cujo estilo "retrô" incorpora elementos de rock, soul, funk, reggae, hard rock, psicodélico, folk, e baladas. É o autor de êxitos como "Let Love Rule" (1989), "It Ain't Over Till It's Over"(1991), "Are You Gonna Go My Way" (1993), "Fly Away" (1998) e "Again"(2000).

Lenny Kravitz nasceu em Nova Iorque em 1964. A sua mãe, Roxie Roker, era uma atriz nascida nas Bahamas conhecida pela série The Jeffersons, o seu pai, Sy Kravitz, russo-judeu, é um executivo de televisão.Foi casado com a atriz de The Cosby Show Lisa Bonet, de quem se divorciou em 1991. Desta relação nasceu, em 1988, Zoë Kravitz.

Além de ser vocalista e também fazer backing vocals, muitas vezes ele toca todas as guitarras, baixo, bateria, teclados e percussão quando grava. Foi indicado à centenas de premiações,dentre elas,Kravitz ganhou o Grammy Awards para "Melhor Performance Rock Vocal Masculino" por quatro anos consecutivos de 1999 a 2002. Foi classificado na nonagésima terceira posição no VH1's 100 Greatest Artists de Hard Rock.

Kravitz já gravou 10 discos e já vendeu mais de 100 milhões de cópias em todo mundo. Manda muito bem o cara, vale a pena conferir suas músicas.

Vamos ouvir agora “Again”, uma das minha favoritas...Grande abraço e até semana que vem.



Long Live, Rock’n Roll \o/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta nossa Fanpage!

Receber Receitas

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Arquivo do blog

Visitantes