30 de setembro de 2011

Arroz com Linguiça ao Forno



Essa dica é para aqueles dias que você tem uma grande quantidade de arroz já cozido e não sabe o que fazer. Posso adiantar: fica uma delícia esse Arroz com Linguiça ao Forno.

Para prepará-lo, você precisará de:

2 xícaras (chá) de arroz cozido
500g de lingüiça
1 cenoura ralada
¼ de repolho picado
½ pimentão verde
1 cebola
2 dentes de alho
200g de muçarela ralada
Azeite
Sal
Pimenta
Cheiro-verde

Modo de Preparo:

Doure a cebola, o pimentão e o alho no azeite. Quando ficarem bem douradinhos, acrescente a lingüiça em pedaços (retirei a película e amassei o conteúdo com ajuda de um garfo).

Deixe refogar bem e incorpore a cenoura ralada e o repolho picado bem fininho.

Acerte o sal (se necessário) e adicione a pimenta. Finalize com cheiro-verde. Reserve.

Em uma panela maior, misture o arroz já cozido com o refogado de lingüiça.

Acomode o arroz temperado em uma travessa untada. Cubra com muçarela ralada e leve ao forno até gratinar.

Bom apetite!

29 de setembro de 2011

Que País É Esse?

Na última sexta-feira começou o Rock in Rio, esse evento que possui dimensões internacionais, faz com que todas as pessoas do mundo que gostam desse estilo musical voltem seus olhos e ouvidos para o Brasil.

Considero ser esse um pré-teste para os grandes eventos que estão por vir: Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas de 2016. A abertura foi um espetáculo fantástico, com direito a Orquestra Sinfônica Brasileira e Milton Nascimento em uma homenagem ao cantor Freddy Mercury que protagonizou um dos momentos ontológicos da história desse festival ao reger um público de milhares de pessoas.

Mas, parafraseando o também inesquecível Renato Russo “festa boa com gente esquisita”, só na primeira noite foram registradas mais de cinqüenta ocorrências policiais, o transporte público e até os pré-contratados falharam e muitas pessoas, mesmo com ingresso em mãos, perderam o espetáculo da abertura.

Estes são problemas que não deveriam ocorrer em grandes eventos como esse, e fico pensando como serão os próximos? Será que os organizadores desses eventos darão conta de tamanho desafio? Infelizmente a resposta ainda é uma incógnita muito preocupante.

Voltando à festa, assisti uma parte do show do Capital inicial pela TV, e um detalhe me chamou a atenção durante a apresentação da música “Que país esse?”. Mais uma vez o público respondia a essa pergunta durante o refrão com a expressão “é a porra do Brasil!”.

Nesse momento, assistindo aquele mar de gente gritando essa frase para todos os olhos e ouvidos do mundo que os assistia, tive mais uma vez a sensação de que uma imagem negativa do Brasil era transmitida para o mundo.

Não nego todos os nossos problemas, mas também queria que aquele mar de gente tivesse o mesmo fôlego para lutar pelas melhorias que precisamos. Que não votassem por brincadeira e que não esquecessem em quem votaram, por exemplo, e principalmente, que um mar de gente não fosse adapto do “jeitinho brasileiro”. Quem sabe assim, a resposta para esse refrão poderia ser outra.


28 de setembro de 2011

Torradinhas Caseiras


Você está com um monte de pães amanhecidos aí na sua casa e não sabe o que fazer com eles? Que tal transformá-los em deliciosas torradas para o café da manhã ou lanche da tarde/noite ? Mais fácil que isso só "mamão com açúcar".

Para preparar torradinhas caseiras, você precisará de:
pães amanhecidos (ou mais velhos ainda)
azeite
orégano

Corte os pães em fatias na espessura de, aproximadamente, 2 cm. Acomode-as em uma assadeira.

Espalhe levemente o azeite em forma de fio sobre as fatias de pães.

Polvilhe com orégano sobre cada fatia.

Leve para assar em forno baixo pré-aquecido até dourar.

Guarde as torradas, depois de frias, em um pote de vidro. Assim, elas manterão a crocância por mais tempo.


27 de setembro de 2011

Tortelini Tricolor ao Creme de Brócolis



Eu ainda não tinha experimentado a massa de macarrão tipo Tortelini, quando meu pai (conhecendo muito bem a minha paixão por macarrão) trouxe-me essa massa, porém tricolor (enriquecido com beterraba, cenoura e espinafre). Adorei!

Se você encontrar Tortelini na prateleira do supermercado, porde colocá-la no seu carrinho, pois fica uma delícia!

Para preparar essa receita, você precisará de:

500g de tortelini tricolor
1 lata de ervilha
1 maço de brócolis cozido e picado
2 xícaras (chá) de leite
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 caixa de creme de leite
½ colher (chá) de sal
1 cebola pequena
Azeite
Pimenta do reino
Muçarela ralada

Preparando...

Cozinhe o maço de brócolis em água e uma pitada de sal. Depois de cozido, corte em pequenos pedaços. Reserve.

Cozinhe a massa de tortelini em 5 litros de água com 1 colher (café) de sal. Escorra e reserve.

Em uma panela, doure a cebola picada no azeite.

Acrescente a farinha e misture bem.

Em seguida, adicione o leite, a pimenta do reino e o sal, deixe incorporar.

Misture o brócolis picadinho e as ervilhas. Mexa até aquecer bem.

Retire a panela do fogo, adicione o creme de leite e misture.

Retorne ao fogo até levantar uma leve fervura.

Incorpore a massa ao molho. Salpique com queijo ralado e leve ao forno até derreter o queijo.

Bom apetite!
26 de setembro de 2011

Segunda Saudável: Caju

Fruto nativo do Brasil, o caju foi levado pelos portugueses do Brasil para a Ásia e a África. A mais antiga descrição escrita do fruto é de André Thevet, em 1558, comparado este a um ovo de pata. Posteriormente, Maurício de Nassau protegeu os cajueiros por decreto, e fez o seu doce, em compotas, chegar às melhores mesas da Europa.

O caju é muitas vezes tido como o fruto do cajueiro (Anacardium occidentale) quando, na verdade, trata-se de um pseudofruto.O que entendemos popularmente como "caju" se constitui de duas partes: o fruto propriamente dito, que é a castanha; e seu pedúnculo floral, o pseudofruto, um corpo piriforme, amarelo, rosado ou vermelho.

O pseudofruto e fruto (propriedades e beneficiamento)

Cajueiro frutificando no município de Cascavel, no Ceará, um dos grandes produtores de caju no estado.

O caju, o pseudofruto, é suculento e rico em vitamina C e ferro. Depois do beneficiamento do caju preparam-se sucos, mel, doces, passas, rapaduras. Como seu suco fermenta rapidamente, pode ser destilado para produzir uma aguardente o cauim. Dele também são fabricadas bebidas não alcoólicas, como a cajuína.

Muito antes do descobrimento do Brasil e antes da chegada dos portugueses, o caju já era alimento básico das populações autóctones. Por exemplo: os tremembé já fermentavam o suco do caju, o mocororó, que era e é bebido na cerimônia do Torém.

Existe uma variedade enorme de pratos feitos com o caju e com a castanha de caju.

De suas fibras (resíduo/bagaço), ricas em aminoácidos e vitaminas, misturadas com temperos, é feita a "carne de caju".

O fruto propriamente dito é duro e oleaginoso, mais conhecido como "castanha de caju", cuja semente é consumida depois do fruto ser assado, para remover a casca, ao natural, salgado ou assado com açúcar.

A extração da amêndoa da castanha de caju depois de seca, é um processo que exige tempo, método e mão-de-obra.

O método de extração da amêndoa da castanha de caju utilizado pelos indígenas era a sua torragem direta no fogo, para eliminar o "Líquido da Castanha de Caju" ou LCC; depois do esfriamento a quebra da casca para a retirar a amêndoa.

Com a industrialização este método possui mais etapas: lavagem e umidificação, cozimento, esfriamento, ruptura da casca, estufamento.

A amêndoa da castanha de caju é rica em fibras, proteínas, minerais (magnésio, ferro, cobre e zinco), vitamina K, vitamina PP, complexo B (menos a vitamina B12), carboidratos, fósforo, sódio e vários tipos de aminoácidos.

Castanha de caju

No entanto, a castanha de caju não possui quantidades relevantes de vitamina A, vitamina D e cálcio.Acredita-se que a castanha do caju contribua no combate às doenças cardíacas.A castanha-de-caju ainda verde (maturi) também pode ser usada nos pratos quentes.

A castanha possui uma casca dupla contendo a toxina Urushiol (também encontrada na hera venenosa), um alergênico que irrita a pele. Por isso a castanha deve ter sua casca removida através de um processo que causa dolorosas rachaduras nas mãos. A castanha também possui ácido anacárdico, potente contra bactérias gram-positivas como Staphylococcus aureus e Streptococcus mutans, que provoca cáries dentárias.

O "Líquido da Castanha de Caju" ou LCC, depois de beneficiado é utilizado em resinas; materiais de fricção; em lonas de freio e o outros produtos derivados; vernizes; detergentes industriais; inseticidas; fungicidas e até biodiesel.

Fonte: Wikipédia

Banda da semana...Capital Inicial!


As raízes do Capital Inicial estão no grupo punk Aborto Elétrico, formado no final dos anos 70 em Brasília pelos irmãos Fê (bateria) e Flávio Lemos e o vocalista e guitarrista Renato Russo. Apesar da sensação que provocou nos bares e festas da cidade, a banda durou pouco. Logo após o fim, Renato formou a Legião Urbana e os irmãos partiram para o Capital, projeto de sonoridade mais new wave e sofisticada que o Aborto.

Com Lôro Jones na guitarra e Dinho Ouro-Preto nos vocais - ambos recrutados entre o pessoal que curtia punk rock em Brasília, a Turma da Colina - o Capital Inicial começou a fazer shows em São Paulo e no Rio. Em 1984 a banda editou seu primeiro compacto, com as músicas "Descendo o Rio Nilo" e "Leve Desespero". Dois anos depois, o quarteto chegou ao primeiro LP, "Capital Inicia"l, que estourou as faixas "Música Urbana", "Fátima" e "Veraneio Vascaína" (as três do Aborto Elétrico).

O álbum foi um dos maiores sucessos de rádio daquele ano, e ganhou o Disco de Ouro com mais de 100 mil cópias vendidas. Seguiram-se os discos Independência, 1987, que contou com o novo integrante do grupo, o tecladista Bozo Barretti. No início dos anos 90, Dinho e de Bozo, o Capital Inicial chegou a gravar dois discos com o vocalista Murilo Lima, sem muito sucesso . Em 1998, Dinho se reencontra com os velhos amigos e a banda lança o álbum Atrás dos Olhos no qual optou por um som mais rock'n'roll, como o hit "O Mundo".

Em 2000, foi a vez de o Capital lançar o Acústico MTV, reunião de alguns dos seus maiores sucessos da carreira em novo formato, com a participação dos cantores Kiko Zambianchi e Zélia Duncan. Com esse lançamento, foi batido o recorde de vendagem da banda -- 250 mil cópias. Após a saída do guitarrista Lôro Jones, substituído por Yves Passarel, o Capital ainda lançou os discos Rosas e Vinho Tinto, em 2002 e Gigante, em 2004.

Lançam em 2005, CD e DVD MTV Especial: Aborto Elétrico com algumas das canções da banda lendária de Brasília. O álbum Eu Nunca Disse Adeus é lançado em 2007, com uma sonoridade diferente, tanto melódica quanto vocal, onde Dinho Ouro Preto faz uso de seu timbre grave, não abusando dos gritos que permearam os tres álbuns anteriores (Rosas e Vinho Tinto, Gigante e MTV Especial: Aborto Elétrico).

Em 2008, lança o álbum ao vivo Multishow ao Vivo: Capital Inicial em Brasília para comemorar os 25 anos da carreira. O disco foi gravado em Brasília, na Esplanada dos Ministérios, no dia 21 de abril, aniversário da cidade e que contou com mais de 1 milhão de pessoas na plateia.

No sábado do dia 31 de outubro de 2009, a banda estava fazendo um show em Patos de Minas, Minas Gerais, quando Dinho Ouro Preto teve uma queda de três metros de altura do palco, assustando seus fãs do Brasil. Dinho sofreu traumatismo craniano leve e uma fratura na costela; e após cinco dias de internação, o cantor voltou para a UTI por causa de uma infecção.

No dia 30 de dezembro, o vocalista Dinho saiu do hospital, depois de quase um mês internado. Após deixar o hospital Dinho e o integrantes da banda entraram em estúdio para a gravação do décimo quinto álbum do grupo Das Kapital, lançado no dia 2 de junho de 2010,o disco traz algumas canções que contam um pouco do drama vivido por Dinho.

Curtam agora Não Olhe Pra Trás...um dos seus maiores sucessos!

 

Grande abraço e até semana que vem. Não se esqueçam: Long Live, Rock´n Roll! \o/

Resultado - Sorteio do Livro "200 Receitas de Saladas"

Vamos conhecer o (a) ganhador (a) do livro "200 Receitas de Saladas Nutritivas" de Alice Storey? Lembrando a todos que, no total, tivemos a participação de 34 pessoas que se inscreveram pelo blog e/ou via Facebook do Brincando de Cozinhar e Cia.

Os participantes receberam um número de acordo com a ordem de inscrição e o sorteio foi realizado pelo site Random, especializado em sorteios eletrônicos.

O participante sorteado foi o de número 8.


Esse número corresponde à participante Rosangela Rebech da cidade de Taquaritinga/SP


Parabéns, Rosangela! Entraremos em contato para procedermos a entrega do seu presente. Para aqueles que não ganharam dessa vez, não desanimem. Em breve, tem promoção novinha no blog. Aguardem.

Obrigada pela participação de todos.... sem o apoio e carinho de vocês, o Brincando de Cozinhar e Cia não teria essa força! Um beijo e mais uma vez, MUITO OBRIGADA!

24 de setembro de 2011

Vinagrete com Cebola Assada


Já é final de semana (eba!!!) e você vai preparar/participar daquele churrascão? Que tal reinventar o seu vinagrete? Para isso, é muito fácil... e garanto que fica uma delícia!!!

Ingredientes:

1 cebola grande
4 tomates
½ xícara (chá) de vinagre
1 colher (chá) rasa de sal
1/3 xícara (chá) de azeite
Pimenta do reino
Orégano
Cheiro verde

Preparando o Vinagrete...

Asse a cebola com casca em forno médio ou sobre a grelha até amolecer em torno de 20 a 30 minutos. Espere esfriar, retire a casca e corte em pequenos pedaços.

Corte os tomates em cubos pequenos.

Misture todos os ingredientes picados com o vinagre, azeite e tempere com os demais ingredientes.

Sirva gelado.

* Dica apresentada no Programa Dia a Dia (Band).

23 de setembro de 2011

Torta Mousse de Maracujá



Uma sobremesa deliciosa para o final de semana: Torta Mousse de Maracujá. o azedinho da fruta combinado com o doce do leite condensado é bom demais!

Ingredientes da Massa

2 pacotes de bolacha maisena (usei sabor chocolate)
6 colheres (sopa) de margarina (de preferência, sem sal)

Preparando a Massa...

Triture as bolachas no liquidificador ou processador até virar um pó.

Em uma tigela, incorpore a margarina na bolacha triturada. O ponto é quando a massa fica bem unida e fácil para modelar (se for necessário, utilize mais margarina).

Forre uma forma de aro removível com essa massa e leve para assar em forno baixo pré-aquecido por, aproximadamente, 10 minutos.

Espere esfriar.

***************************************

Ingredientes do Recheio

1 lata de leite condensado
2 caixas de creme de leite
1 envelope de suco de maracujá em pó (tang)
1 envelope de gelatina incolor e sem sabor
½ xícara (chá) de água quente

Preparando o Recheio...

Bata no liquidificador: o leite condensado, 2 caixas de creme de leite e o suco em pó.

Enquanto isso, dilua a gelatina incolor em ½ xícara (chá) de água quente e adicione na mistura do liquidificador. Bata por mais 2 minutos.

Despeja essa mistura sobre a massa já fria e leve à geladeira.

**************************************

Ingredientes da Calda de Maracujá

2 maracujás (fruta)
1 xícara (chá) de açúcar
½ xícara (chá) de água quente
1 envelope de gelatina incolor e sem sabor.

Preparando a Calda...

Leve ao fogo a polpa dos maracujás e o açúcar. Mexa até levantar fervura.

A parte, dilua a gelatina incolor na água quente e incorpore na calda de maracujá.

Espere esfriar e despeja sobre a torta.

Leve para gelar por, no mínimo, 6 horas antes de consumir.

22 de setembro de 2011

Morte Anunciada: 2 Meses sem Amy

Chamada de artista completa por especialistas musicais – cantora, letrista e compositora – Amy Winehouse partiu prematuramente aos 27 anos. Vida breve e intensa que poderia ter sido mais longa e ainda mais brilhante.

Brindada com uma voz singular, que lembrava as divas negras da Soul Music, como Dionne Warwick e Aretha Franklin, encantou milhões de pessoas no mundo inteiro. Seus seguidores cantam suas músicas e suas fãs fazem de tudo para se vestirem e se maquiarem como ela, sonhando ser e brilhar como Amy Winehouse.

Contudo, o lamentável é concluir que muitos preferem espelhar-se em seu estilo deprimido, desesperado e desagregado tão comum em nossos dias. Que a triste imagem do seu corpo frágil que muitas vezes mal se mantinha em pé no palco, ou em outras vezes não comparecia aos compromissos agendados, era cada vez mais incentivado para deleite daqueles que diziam amá-la.

A pop star escolheu seu modo de vida e às vezes parecia até gostar dele, envolvida com bebidas e drogas ilícitas viveu em um curto espaço de tempo a ascensão de sua carreira, um casamento publicamente tumultuado e a decadência física que anunciava seu trágico final.

Fim anunciado, proclamado e alardeado aos quatro ventos, mesmo assim não pôde ser modificado, ao contrário, cumpriu-se o trágico vaticínio sem causar surpresas ou arrependimentos.

Por que me lembrei dela agora? Estava assistindo pela internet o clipe que ela gravou alguns meses antes de sua morte com o cantor Toni Benetti que está comemorando oitenta anos de vida e quase isso de carreira, ele lamentou muito que com toda sua experiência não pode tê-la ajudado.

Pesarosamente perdeu-se o talento para a criação de um mito, que isso sim sirva de exemplo para juventude.


21 de setembro de 2011

Banana Assada com Canela



Sabe aquela vontade louca de comer algo doce? Mas, também acontece uma coisa: você quer algo doce, porém não uma “bomba calórica”. Eis a solução: Banana Assada com Açúcar e Canela.
Fácil, gostosa e “light”.

É só cortar a banana em rodelas ou no comprimento (pode ser de qualquer tipo: nanica, maçã, da terra, etc) acomodá-las num pirex untado com um pouquinho de manteiga, espalhar canela em pó e, se preferir, uma pitadinha de açúcar (o mascavo dá um gostinho ainda mais especial). Leve ao forno baixo pré-aquecido por 15 minutos e pronto!

Agora, imagine essa bananinha acompanhada de uma bola de sorvete de creme. Tudo de bom, né?! Curta essa delícia!

20 de setembro de 2011

Panquecas de Carne Moída



Fala sério... será que tem alguém que resiste a uma deliciosa panqueca de carne moída? Ai, eu não consigo =S

Ainda mais quando a massa é fininha, o recheio bem temperado e o queijo gratinado por cima.... que loucura!!!

Se você nunca fez panquecas por achar muito difícil, esquece isso! É mais fácil do que você imagina. Vamos ao passo a passo?


Ingredientes para a Massa Básica de Panqueca (retirei do Blog Feito na Minha Cozinha):
1 ½ xícara (chá) de farinha de trigo
2 xícaras (chá) de leite
2 ovos
1 colher (café) de sal
2 colheres (sopa) de óleo

Bata todos os ingredientes no liquidificador por 2 minutos e deixe descansar na geladeira por, no mínimo, 15 minutos.

Aqueça uma frigideira (de preferência antiaderente) com um fio de óleo ou azeite ou margarina.

Coloque uma concha da massa e espalhe com movimentos circulares segurando pelo cabo da frigideira (fogo baixo).

Quando as bordas estiverem douradinhas e você ver que a massa está deslizando pela frigideira, com o auxílio de uma espátula, vire a panqueca e deixe até dourar do outro lado.

Reserve.

******************************

Recheio de Carne Moída

500g de carne moída (acém, músculo, paleta)
1 cebola média ralada
3 dentes de alho
2 tomates picadinhos
1 cenoura média ralada
Azeite
Sal
Pimenta
Refogue a cebola e o alho num fio de azeite. Quando estiverem douradinhos, acrescente a carne moída e deixe fritar bem.
Adicione a cenoura ralada, os tomates picados e os temperos. Deixe apurar até ficar bem refogado e suculento.

*******************************
Molho de Tomate
1 lata de molho de tomate
½ xícara (chá) de água
1 cebola pequena ralada
Sal
Orégano
Pimenta
Azeite
Pitada de açúcar (tira a acidez do molho)
Refogue a cebola no azeite e acrescente os demais ingredientes. Deixe apurar até o molho ficar bem consistente.

************************************
Montagem do Prato
Recheie as panquecas com a carne moída formando rolinhos e acomode-os numa travessa.
Espalhe o molho de tomate por cima e polvilhe com muçarela ralada.
Leve ao forno médio pré-aquecido até gratinar o queijo.
Bom apetite!
19 de setembro de 2011

Segunda Saudável: Brócolis

De origem européia, os brócolis são cultivados há muito tempo, desde a época do Império Romano, sendo considerado um valioso alimento. Hoje, é cultivado em várias regiões do mundo. Porém, os brócolis se adaptam melhor em climas frios e se desenvolvem bem quando expostos a uma temperatura que esteja em torno de 18 a 23 graus Celsius. A China é o maior produtor mundial de brócolis (Só em 2008 produziu 8.585.000 toneladas).

Podemos descrever o brócolis como sendo uma planta herbácea, bienal e perene. Suas folhas possuem limbo lobado na base e bordas onduladas e suas flores são imperfeitas, com formato semelhante à de um sino, todas reunidas em uma inflorescência do tipo capítulo. O tamanho dos botões florais é variável e possuem colorações encontradas do verde-escuro ao verde-arroxeado. Tanto as folhas, as flores e os pedúnculos florais dos brócolis podem ser consumidos e destacam-se como sendo poderosas fontes de nutrientes.

Quando colhidos, não deve ser demorado o seu consumo, pois os brócolis têm uma curta vida pós-colheita e várias alterações em seu sabor, aroma e coloração ocorrem.

Rico em minerais, como o cálcio, potássio, ferro, zinco e sódio e composto por diversas vitaminas, como A, C, B1, B2, B6, K, bem como fibra alimentar, o brócolis é considerado um super alimento e de pouquíssimas calorias (100 gramas possuem aproximadamente 36 kcal).

Além de tudo isto em sua composição, o brócolis também é conhecido por possuir propriedades anticancerígenas, por conter fitoquímicos como os compostos isotiocianatos. Pesquisas relatam que o consumo diário de brócolis evita doenças do coração, evita úlceras e gastrites.

Os brócolis são consumidos de variadas maneiras. É muito apreciado cru em saladas, como também cozidos, grelhados e como um ingrediente de várias receitas, tais como suflês, sopas, tortas, bolos e refogados. Quando cozidos em excesso os brócolis perdem grande parte de seus nutrientes e sua textura também é alterada. O ideal é cozinhá-los em vapor ou em panela tampada contendo pouca água, por pouco tempo. Assim manterá todas as suas propriedades benéficas a saúde. Os brócolis são alimentos muito perecíveis e, portanto devem ser guardados em sacos plásticos e mantidos sob refrigeração (geladeira) por no máximo uma semana.

Uma das pragas mais comuns que atacam os brócolis é a traça-das-crucíferas, cujo nome científico é Plutella xylostella. Estas pragas alimentam-se da cabeça dos brócolis, fazendo furos em seus botões florais. Os brócolis estão mais susceptíveis aos ataques destas pragas agrícolas principalmente em épocas quentes e secas do ano. O controle é feito através do uso de inseticidas.

Fonte:Wikipédia/Info Escola

Artista da semana...Bob Dylan!!! \o/


Antes de tudo é preciso dizer que sem Bob Dylan toda a música pop seria bem diferente. Bob foi bem mais que "a voz de protesto dos anos 60", rótulo com o qual nunca se sentiu confortável. E suas lições foram aprendidas por muitos. John Lennon, David Bowie, Bruce Springsteen, praticamente todos os "cantores e compositores" surgidos depois dos anos 70, Patti Smith, U2, todo o povo do country-alternativo e brasileiros como Raul Seixas, Caetano Veloso e Renato Russo não seriam os mesmos sem ele. Pode-se dizer que não existe um, mas vários Dylans. Não à toa a cine-biografia "Eu não estou Lá", conta com vários atores fazendo o papel principal.

Bob Dylan (nome artístico de Robert Allen Zimmerman)é um cantor e compositor norte-americano,nascido no estado de Minnesota, em 24 de maio de 1941,neto de imigrantes judeus russos, aos dez anos de idade Dylan escreveu seus primeiros poemas e, ainda adolescente, aprendeu piano e guitarra sozinho. Começou cantando em grupos de rock, imitando Little Richard e Buddy Holly, mas quando foi para a Universidade de Minnesota em 1959, voltou-se para a folk music, impressionado com a obra musical do lendário cantor folk Woody Guthrie.

O cantor lançou seu primeiro disco em 1962. Com um repertório basicamente de covers ele não vendeu quase nada, apesar das expectativas. Tudo mudou no ano seguinte com "The Freewheelin' Bob Dylan". Com A Hard Rain's are Gonna Fall e Blowin' in the Wind esse foi o primeiro de uma série de álbuns clássicos que o tornariam um dos maiores compositores dos nossos tempos.

Bob Dylan foi escolhido pela revista Rolling Stone, como o 2º melhor artista de todos os tempos, ficando atrás somente dos Beatles e uma de suas principais canções, "Like a Rolling Stone", foi escolhida como a melhor de todos os tempos. Influenciou diretamente grandes nomes do rock americano e britânico dos anos de 1960 e 1970.

Bob Dylan também pinta e desenha tendo lançado um livro de desenhos "Drawn Blank" em 1994,fez a sua primeira exposição denominada "The Drawn Blank Series" no Museu Kunstsammlungen em Chemnitz (Alemanha) (onde há obras de Munch e Picasso) entre Outubro de 2007 e 3 de Fevereiro de 2008 com 175 aquarelas e guaches.

Dylan escreveu o livro Tarântula em 1966, mas só foi publicado em 1971. No Brasil, o livro foi publicado em 1986 pela Editora Brasiliense (Coleção Circo de Letras) com tradução de Paulo Henriques Britto. Foi publicado em Portugal em 2007. No Brasil também foi, em 2005, lançada sua auto biografia "Crônicas Vol I",com a tradução de Lúcia Brito.

Hoje aos 70 anos,34 albuns de estúdio,10 álbuns ao vivo,10 coletânias,totalizando mais de 100 milhões de discos vendidos, alguns dos mais importantes prêmios do mundo, como o Grammy e o Oscar, uma coleção de hits,trilhas sonoras de filmes e séries e uma carreira que já dura mais de cinco décadas: este é Bob Dylan.

Fonte: Wikipédia

Curtam agora Like a Rolling Stone, um clássico que em 2004, a revista Rolling Stone nomeou a melhor canção de todos os tempos.


Grande abraço e até semana que vem!

17 de setembro de 2011

Ovos de Codorna ao Molho de Vinagrete


Apesar de termos um trabalho imenso para descascar os ovinhos de codorna, vale a pena depois desse "sacrifício" degustar esse delicioso petisco.

Essa receita é ideal para acompanhamento do churrasco do final de semana ou até mesmo para a nossa comida do dia a dia.

Para preparar Ovos de Codorna ao Molho de Vinagrete, você precisará de:

1 caixa de ovos de codornas (36 unidades)
2 tomates picados e sem sementes
1 cebola picada
50g de azeitonas verdes sem caroço
3 colheres (sopa) de azeite
5 colheres (sopa) de vinagre branco
½ colher (chá) de sal
Orégano
Salsinha


Modo de Preparo:

Cozinhe os ovos de codorna por 12 a 15 minutos após a fervura da água.

Elimine a água quente e acrescente água gelada para encerrar o cozimento.

Descasque os ovos.

Em um recipiente, acrescente os tomates picados, a cebola, as azeitonas e os ovos.

Misture bem e tempere com os demais ingredientes.

Deixe descansar na geladeira por, no mínimo, 2 horas antes de servir.
Bom Apetite!

16 de setembro de 2011

Pudim de Maria Mole com Calda de Maracujá


Essa receita de Pudim de Maria Mole é uma das melhores que já experimentei, ainda mais com a combinação do azedinho do maracujá! Se eu fosse você anotaria essa deliciosa sobremesa e prepararia para o final de semana. Gostou da ideia?!

Ingredientes:

1 xícara (chá) de leite quente
1 caixa de pó para Maria Mole
1 lata de leite condensado
1 caixa de creme de leite
1 maracujá
½ xícara (chá) de açúcar

Preparando o Pudim...

Bata no liquidificar o leite e o pó para Maria Mole por 3 minutos.

Adicione o leite condensado e o creme de leite e bata mais um pouco.

Despeja a mistura em uma forma untada com óleo e leve para gelar por, no mínimo, 4 horas.


Preparando a Calda de Maracujá...

Misture a polpa da fruta do maracujá com o açúcar e leve ao fogo até ferver. Espere esfriar e espalhe por cima do pudim.

(Receita original do Blog Panelaterapia)

15 de setembro de 2011

Meu Bem Meu Mal

Nos noticiários, tanto em jornais impressos quanto em telejornais, a predominância das notícias ruins é evidente. Há quem diga que nem quer mais acompanhá-los por não agüentar mais o desfile de desgraças diárias.

Pergunto-me então: será que só acontecem coisas ruins para serem noticiadas? Será que as pessoas só se interessam mesmo por desgraças? Há a teoria de que em geral as pessoas preferem as desgraças, saber sobre os detalhes picantes e cruéis da vida de famosos, por isso a exagerada valorização desse tipo de notícia é sempre recorrente.
Mas ainda existem notícias boas para serem divulgadas, pessoas empreendedoras que realizam grandes feitos, pessoas despojadas capazes de verdadeiros atos heróicos para ajudarem o próximo e outras tantas que sequer imaginamos.

As desgraças correm à larga, uma após a outra, por isso sempre são predominantes, mas as boas ações também acontecem o tempo todo, basta que olhemos para os lados, que procuremos dispensar para elas a nossa atenção.

Precisamos evidenciar e valorizar o bem em detrimento do mal e conscientizar que nossas ações por mínimas que possam parecer tem conseqüências. Por isso valorizar os acontecimentos bons ao invés do contrário pode nos ajudar no crescimento moral e ético.

Não pretendo ser maniqueísta, ou simplificar os fatos, ajudar alguém atravessar a rua não precisa ser manchete, assim como não se deve ocultar crimes e notícias semelhantes. Precisamos distribuir nossa atenção, valorizar o bem para buscarmos um caminho diferente deste que nos é apresentado hoje para conseguirmos superar esse momento tão cheio de acontecimentos terríveis que são diariamente noticiados.

O bem e o mal não estão dissociados um do outro, ninguém é inteiramente bom ou ruim, todos temos um pouco de cada e todos nós praticamos o bem e o mal em vários momentos de nossas vidas. Por isso, é tão importante a valorização do bem para que este consiga superar o mal, assim seguiremos avante rumo à verdadeira evolução moral.


14 de setembro de 2011

Salada de Grão de Bico


Sou fã de Grão de Bico, ainda mais quando é feito em forma de salada... bem azedinho e com azeite! É tudo de bom, além de ser muito rico em vitaminas.

Que tal preparar essa salada de almoço? Fica uma delícia, além de ser muito fácil.

Para prepará-la, você precisará de:
1 pacote (500g) de grão de bico
4 tomates sem sementes
1 cebola média
1 cenoura grande ralada
2 limões pequenos
Azeite
Sal
Pimenta
Orégano

Preparando....
Deixe o grão de bico em molho na água por, no mínimo, 1 hora. Após, cozinhe na panela de pressão por aproximadamente 30 minutos após o apito ou até ficar macio (dica: siga o tempo de cozimento indicado na embalagem do grão, que pode variar de marca).

Depois de cozido, escorra a água quente e dê um choque com água gelada. Reserve.

Pique os tomates sem sementes e a cebola em cubinhos, rale a cenoura e reserve.

Numa travessa grande misture o grão de bico escorrido, os tomates, a cebola, a cenoura e os temperos.

Se você preferir, acrescente azeitonas, atum, peito de frango desfiado, ou seja, coloque os seus ingredientes preferidos. Garanto que ficará uma delícia!

Acomode a salada numa travessa e sirva!

13 de setembro de 2011

Bacalhau Dourado à Portuguesa - Por Jorge Sousa


Nessa terça-feira, recebemos a visita do nosso querido Jorge Sousa da cidade de Vila Real - Portugal. Jorge, como todo português, é apaixonado por bacalhau e, à pedidos do Brincando de Cozinhar e Cia, compartilhou essa deliciosa receita de Bacalhau Dourado à Portuguesa.

Vamos conhecer o passo a passo?

Ingredientes:
1 kg de postas de bacalhau dessalgado
3 cebolas em rodelas
4 dentes de alho
500 ml de azeite
500g de batatas bolinhas pré-cozidas
1 colher (sopa) de salsa
1 pitada de colorau

Modo de Preparo:
Deixe o bacalhau de molho por 12 horas em água gelada (coloque na geladeira). Nesse tempo, troque 3 vezes a água.
Transcorrido o tempo, acomode o bacalhau numa travessa. Adicione as cebolas, o alho, as batatas pré-cozidas e os temperos.
Regue com o azeite e leve ao forno médio pré-aquecido até dourar bem. Se necessário, durante o tempo no forno regue com mais azeite sob as postas do bacalhau.



Jorge, muito obrigada por ter ensinado essa deliciosa receita. Contamos sempre com a sua visita aqui na nossa cozinha, tá?! Adoramos receitas portuguesas!!!
12 de setembro de 2011

Segunda Saudável: Beterraba

A beterraba selvagem, antecessora daquela que hoje conhecemos, teve origem no norte de África, no período da pré-história, e cresceu de forma bravia ao longo das costas Asiática e Européia.

Os Romanos foram os primeiros a cultivar a beterraba para usar a raiz como alimento. As tribos que invadiram Roma foram responsáveis pela disseminação da beterraba ao longo do norte da Europa.

O interesse pela beterraba cresceu no século XIX quando foi descoberto que era uma fonte de açúcar, tendo surgido a primeira fábrica de açúcar na Polônia. Hoje em dia, os principais produtores de beterraba incluem os Estados Unidos, Rússia, França, Polônia e Alemanha.

Atualmente, além do consumo da raiz, também as folhas da beterraba são consumidas. Podem ser cozidas e servidas como o espinafre ou a acelga.

A cor forte da beterraba é conferida pela presença de antocianinas. Antocianinas são pigmentos fenólicos ligados a açúcares que conferem às flores e alguns frutos suas cores características (além da beterraba, são exemplo as cerejas, a ameixa, a couve roxa). Tal como outros fenóis naturais as antocianinas são potentes antioxidantes e no organismo combatem os radicais livres e espécies reativas do oxigênio. Devido à presença deste pigmento, é natural que depois do consumo de beterraba as fezes e urina possam ficar rosadas.

Informação nutricional

A beterraba tem um valor energético muito baixo,apenas 18 kcal,cada 100 g. O seu conteúdo de hidratos de carbono, proteínas e lípidos é também baixo. Relativamente às vitaminas e minerais, destacam-se o ácido fólico, a vitamina C bem como o potássio.

Benefícios

O ácido fólico é importante para a divisão das células, formação de glóbulos vermelhos, auxilia o sistema imunitário e, ainda, previne malformações no feto, razão pela qual é importante a sua ingestão durante a gravidez.

A vitamina C promove a resistência a infecções, participa como coenzima ou cofactor em inúmeras reacções no nosso organismo além de ser um importante antioxidante, ajudando a proteger contra danos nas células e tecidos.

Como comprar e conservar

Escolha as beterrabas pequenas ou de tamanho médio. Prefira as que se apresentarem carnudas, firmes, sem fendas e de cor intensa. As beterrabas menores, mais novas, tendem a ser mais macias, sendo por vezes desnecessário descascar depois de cozinhadas.

Evite as beterrabas que têm buracos, ou amolgadelas, que estejam moles ou se apresentem molhadas, uma vez que todos estes são indícios de deterioração.

Caso se encontrem enrugadas ou balofas devem ser igualmente evitadas porque estes são sinais que as raízes estão envelhecidas e fibrosas.

Caso deseje ingerir as folhas, escolha as que lhe parecem mais frescas, que apresentam textura macia e cor verde viva.

Armazene as beterrabas sem lavar, onde se manterão por duas a quatro semanas. Corte as folhas e as hastes (não na totalidade) para que a humidade não seja afastada da raiz e evitando também o "sangramento" da mesma. Armazene as folhas sem lavar, num saco plástico separado, onde se manterão frescas por um período de, aproximadamente, quatro dias.

As beterrabas cruas não se devem congelar uma vez que tendem a ficar moles após o descongelamento. Congelar beterrabas cozidas é uma boa opção uma vez que retêm o seu sabor e textura.

Fonte: Wikipédia

Artista da semana...Bruce Springsteen! \o/


Bruce Frederick Joseph Springsteen (Long Branch, 23 de setembro de 1949) é um influente cantor, compositor, violonista e guitarrista dos Estados Unidos. Viveu a sua infância e juventude em Freehold. Em sua carreira, iniciada em 1969, Bruce já recebeu vários prêmios importantes como quinze Grammys, quatro American Music Awards e um Oscar.

Bruce, em suas letras, deixa evidenciado seu patriotismo, e é uma espécie de porta-voz dos trabalhadores, muitas vezes mencionados em suas canções. O álbum Born to Run está na lista dos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fame.

O artista também participou da música "We Are the World", uma parceria de 45 cantores que tinha o objetivo de arrecadar fundos para o combate da fome na África, escrita por Michael Jackson e Lionel Richie. Os 45 astros formaram o grupo USA for Africa.

Primeiro grande artista a tratar do 11 de setembro em seus trabalhos. Hoje com 61 anos, na ativa ainda, são 42 anos de carreira, 17 álbuns de estúdio, 17 álbuns ao vivo, 6 coletânias, alguns dvd’s e várias musicas em trilhas sonoras de filmes e séries...são mais de 130 milhões de discos vendidos. Esse é o “The Boss”, como é conhecido, uma das mais potentes e influentes vozes do rock e folk americano.

Curtam agora a clássica “Streets of Philadelphia”...grande abraço e até semana que vem!


Long Live, Rock´n Roll \o/


10 de setembro de 2011

Pudim de Leite Condensado - Por Elidiane Correa



Eba... hoje é dia de Amigos na Cozinha! A convidada do Brincando de Cozinhar e Cia é Elidiane Correa, professora super dedicada de Jaboticabal, que adora preparar pudins e docinhos bem gostosos.

Nos deparamos com esse Pudim de Leite Condensado em uma reunião entre amigas. A textura é extremamente cremosa e isso nos chamou a atenção.

Vamos conhecer essa deliciosa receita de Pudim de Leite Condensado da Elidiane?

Para prepará-lo, você precisará de:

01 lata de leite condensado
02 latas (mesma medida do condensado) de leite
02 ovos inteiros
02 colheres (sopa) bem cheias de amido de milho (maisena)
10 colheres (sopa) de açúcar
1 copo (americano) de água quente

Primeiro Passo:

Em uma panela com cabo, adicione o açúcar e leve ao fogo médio (se for panela de fundo grosso..... fundo fino use fogo baixo).

Mexa a panela em movimentos circulares até derreter o açúcar.

Adicione a água quente aos poucos e mantenha no fogo até formar um caramelo que desprende do fundo.

Despeja essa calda de caramelo numa forma e reserve.

Segundo Passo

Bata no liquidificador por 3 minutos: o leite condensado, o leite, os ovos e o amido de milho.

Despeja a mistura na forma já caramelizada.

Leve para assar em banho maria (a forma de pudim dentro de uma outra forma com água), forno médio pré-aquecido, até cozinhar (aproximadamente, 40 minutos).

Dica: Para sabe  tempo ideal, ao espetar o palito, este sairá seco. Desenforme ainda quente.


Querida Elidiane, adoramos a receita e esperamos a sua visita sempre no nosso Brincando de Cozinhar e Cia!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta nossa Fanpage!

Receber Receitas

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Arquivo do blog

Visitantes