31 de janeiro de 2013

Linguiça Cabo de Reio ao Forno


Uma forma alternativa para quem quer evitar a fritura, mas que mesmo assim a linguiça cabo de reio fica deliciosa. Se você gosta desse tipo de embutido, com certeza deve experimentar essa receita!


Ingrediente:
1 gomo de linguiça cabo de reio (usei uma que contém carne bovina moída) 
2 batatas médias 
2 tomates médios 
1 cebola média 
10 unidades de azeitonas verdes 
1 colher (sopa) de orégano 
Sal 
Cheiro verde 


Modo de Preparo:

Pré-cozinhe as batatas até que o garfo entre facilmente e sem desmanchar. Corte em rodelas grossas. Reserve. 

Acomode a lingüiça em uma panela e cubra com água. Leve ao fogo e deixe aferventar por 15 minutos. Após, escorra a água, retire a película e corte em pedaços médios. Reserve. 

Em um recipiente, misture os tomates sem sementes cortados em cubos grandes, a cebola em pétalas, as batatas cozidas e em rodelas e as azeitonas. Mexa bem e tempere com o orégano e o sal. 

Em uma assadeira, espalhe os pedaços de lingüiça e acomode a mistura de tomate, batata e cebolas. Leve para assar em forno médio pré-aquecido até a lingüiça estiver bem assada (20 a 30 minutos). Finalize com cheiro verde. 

Sirva com arroz e saladas. 

Bom Apetite!


30 de janeiro de 2013

Até quando?

Google Imagens
Difícil encontrar palavras para descrever sentimentos que tomaram conta de todos diante a tragédia de Santa Maria. Jovens que buscavam momentos diversão encontraram a morte. 

Impossível encontrar palavras para consolar as famílias que perderam seus jovens. Pais e mães que viram seus filhos saírem para uma noite de festa e depois foram reconhecer seus corpos em uma busca desesperada. 

Mas não é difícil encontrar palavras para a indignação pelo que aconteceu. Uma sucessão de erros provocou a tragédia: mais pessoas que o espaço comportava, equipe de trabalho despreparada para agir em uma situação emergencial, espaço sem alvará de funcionamento, uso de material inflamável na estrutura do prédio e o uso de sinalizador em um espaço fechado. 

Até quando teremos que nos perguntar até quando? Quando as pessoas tomarão consciência de que todo investimento feito em segurança de forma correta não é um gasto, e sim prevenção para evitar que tragédias desse tipo continuem acontecendo? 

Até quando o poder público permitirá que empresários mantenham seus negócios sem a documentação e a estrutura adequadas? A desculpa de falta de pessoal não cola, é preciso investir em pessoal e qualificação. Dinheiro nunca falta para viagens, diárias, propagandas e outras tantas que estamos acostumados ver por aí. 

O poder público não pode evitar que acidentes aconteçam, mas pode e deve evitar as tragédias, pois elas acontecem por esse infeliz hábito de dar um jeitinho em tudo, de fazer vistas grossas e ouvidos de mercador para tudo o que está errado e mal feito. As tragédias seriam evitadas também se os investimentos em infra estrutura fossem realmente realizados. E principalmente se a educação fosse levada a sério. Um povo que possui uma educação de alto nível costuma ser questionador, observador e cobram muito o poder público. Esse mesmo povo, também questiona a qualidade dos serviços que lhes são prestados. Se assim fosse no Brasil tudo seria diferente.


Escondidinho de Hot Dog



Uma versão de escondidinho que agradará toda a criançada de casa (ah, e os adultos também). Separe os ingredientes e "mão na massa"!



Ingredientes - Purê de Batatas:
500g de batatas cozidas e espremidas
De 1/2 a 1 xícara (chá) de leite
3 colheres (sopa) cheias de manteiga ou margarina
Sal

Modo de Preparo:

Em uma panela, esprema as batatas cozidas ainda quentes e acrescente a manteiga e o sal. Leve ao fogo baixo, coloque o leite aos poucos e misture bem até formar um purê homogêneo e consistente. Reserve.



**********

Ingredientes - Molho de Salsicha:
500g de salsichas cortadas em rodelas
1 lata de molho de tomate pronto
1/2 xícara (chá) de água
2 dentes de alho
1 colher (sopa) de azeite
1 colher (café) de orégano
1 folha de louro
1/2 colher (café) de açúcar
sal


Modo de Preparo:

Doure o alho no azeite. Acrescente as salsichas em rodelas e deixe refogar por alguns minutinhos. Junte o molho de tomate, a água e os demais temperos. Deixe refogar em fogo baixo por 10 a 15 minutos. Reserve.


**********

Montagem:

Em uma travessa de vidro, faça uma camada com metade do purê reservado. Coloque o recheio de salsicha. Cubra com o restante do purê. Finalize com queijo muçarela ralado por cima e batata palha. Leve ao forno para gratinar.

Bom Apetite!




28 de janeiro de 2013

Segunda Saudável: Sapoti

Google Imagens
Esta fruta, semelhante ao caqui em sabor e nutrientes, é cultivada no Brasil principalmente no Nordeste. 

O seu fruto, quando verde, é rico em tanino, porém quando amadurece essa substância desaparece por completo. 

Seu fruto é muito saboroso, doce e não possui substâncias ácidas. Em virtude da presença de fibras, é um laxante suave e eficaz. Facilita a produção de bílis (ação colerética) como sua eliminação (ação colagoga). Excelente no combate às doenças do fígado e da vesícula biliar, tem ainda ação diurética e anti-inflamatória. 

As vitaminas do sapoti são a A, B1, B2, B5, e C. Sais minerais: cálcio, fósforo, ferro, magnésio, silício, potássio e sódio. 

O látex produzido por essa árvore é extraído e utilizado para fabricar a goma de mascar (chiclete). Hoje existem chicletes artificiais com seivas de outras árvores, inclusive a partir dos derivados de petróleo, às quais são adicionados corantes, conservantes, açúcares, fragrâncias e essências de sabor. 

As sementes do sapoti trituradas e diluídas em água são diuréticas e usadas também contra cálculos renais. 

O fruto pode ser ingerido ao natural ou em forma de suco. 

Os maias, que costumavam ter grande precisão e elegância na linguagem relacionada a natureza, chamavam de “zapote” todas as frutas de polpa cremosa e de sabor doce, segundo conta Clara Inês Olaya. Hoje existem mais de 400 espécies de saponáceas americanas, entre elas o sapoti, fruto também conhecido no México e em outras partes da América Latina como “níspero”. 

Embora muito apreciados, os sapotis devem ser consumidos apenas quando estiverem maduros, pois, quando verdes, possuem látex e tanino de sabor desagradável. 

Mas nem só o fruto, a fruta, que como já vimos é rico em vitaminas e sais minerais, principalmente ferro, era e permanece sendo muito apreciado. A árvore como um todo, frondosa e elegante, era grande amiga de maias e astecas. Sua madeira, forte e elástica, era matéria-prima para boa parte de suas construções, inclusive algumas que ainda fazem história, ruínas turísticas resistindo ao tempo. 

Arredondado ou oval, de casca amarronzada, por vezes esverdeada, o miolo do sapoti apresenta uma curiosa forma de estrela, delineada pelas sementes negras distribuídas pela polpa quase translúcida. Esta polpa, de coloração marron-amarelada e farinhenta, apresenta um sabor incomparável, atraindo legiões de admiradores. 

Fonte: Poder das Frutas / Wikipédia 


Banda da semana...The Smiths


Os Smiths foram responsáveis pela revolução no rock britânico dos anos 80 que deixou de lado a new wave e os sintetizadores para aderir novamente às guitarras. As influências da banda podiam ser achadas espalhadas no rock clássico dos anos 50 e 60 e no punk dos anos 70. 

O núcleo da banda foi formado pelo vocalista Morrissey (Steven Patrick Morrissey) e pelo guitarrista Johnny Marr (John Maher), pessoas de comportamento e atitudes musicais opostas, que levaram à definição do estilo do Smith e ao posterior fim da banda (Marr representando a porção rebelde e rock and roll da banda enquanto Morrissey representava a porção pop e poética). Em 1982, em Manchester, Marr já havia tocado profissionalmente em algumas bandas, enquanto Morrissey era apenas um jovem poeta presidente do fã clube local dos new York Dolls. As letras de Morrissey se adaptariam bem às melodias de Marr e, juntamente com o baixista Andy Rourke e o baterista Mike Joyce resolveram montar a banda Smiths. 

O seu primeiro single, Hand In Glove, se tornaria em 1983 uma constante no meio underground inglês, o que levou a banda a abandonar os pequenos clubes em Manchester para algumas apresentações em Londres. A banda rapidamente se tornou conhecida da imprensa inglesa em função das referências homosexuais nas letras. 

Ao ser lançado em 1984 o álbum The Smiths imediatamente subiu até o segundo lugar em vendas na Inglaterra. Algumas letras de Morrissey passam a ser constantemente mal interpretadas (sendo consideradas incentivos ao assassinato e abuso sexual de crianças), o que leva a banda a ter uma divulgação ainda maior. 

O segundo álbum, Meat is Murder, entra nas paradas inglesas no primeiro posto em 1985. O título é uma referência ao vegetarianismo adotado por Morrissey. O tema do terceiro álbum, Queen Is Dead, de 1986, era mais agressivo, com críticas políticas ao governo de Margareth Tatcher. 

Marr sofreria um sério acidente de automóvel em 1986 que colocou a carreira da banda em suspenso. No meio tempo o guitarrista Craig Gannon (que havia assumido pouco antes) e o baixista Andy Rourke foram demitidos dos Smiths por problemas com heroína. Rourke voltaria à banda dentro de alguns meses. 

Em 1987, em meio à fase de maior sucesso da banda, as tensões entre Marr e Morrissey também chegaram ao ponto máximo. Logo após o lançamento de Strangeways Here We Come a banda foi desfeita. Marr viria a formar juntamente com Bernard Sumner (do New order) a banda Electronic, Mike Joyce entraria para o Buzzcocks, enquanto Morrissey seguiria uma bem sucedida carreira solo. 

Fiquem agora com uma das minhas favoritas,” The Boy With The Thorn In His Side”. Grande abraço e até semana que vem. 



Long Live, Rock’n Roll \o/ 


25 de janeiro de 2013

Bolinho de Arroz Assado com Tomate Seco e Queijo Prato


Sobrou arroz? Então, transforme-o em bolinhos deliciosos. Nessa versão (receita do charmoso Edu Guedes), o bolinho ganha um toque especial do tomate seco e do queijo prato. Fica irresistível. Experimente!


Ingredientes:
2 xícaras (chá) de arroz cozido 
½ xícara (chá) de tomate seco picado 
100g de queijo prato em cubos pequenos 
½ xícara (chá) de leite 
2 ovos 
1 xícara (chá) de cheiro verde picado 
2 colheres (sopa) de farinha de trigo 
Sal a gosto 
Pimenta-do-reino a gosto 
1 gema para pincelar 
½ xícara (chá) de queijo tipo parmesão ralado 
Óleo para untar a assadeira 


Modo de Preparo:

Em uma tigela, misture o arroz, o leite, os ovos, o cheiro verde, a farinha de trigo, o sal e a pimenta-do-reino a gosto até que fique homogêneo. 

Se for necessário, acrescente mais farinha de trigo. Modele os bolinhos e coloque-os em uma assadeira untada. Pincele-os com a gema e polvilhe o queijo tipo parmesão. Leve para assar no forno médio (180ºC) pré-aquecido por cerca de 30 minutos ou até que estejam dourados

Bom Apetite!

24 de janeiro de 2013

Feitio de Oração

Google Imagens
Desde a origem dos tempos, os seres humanos acreditam no sobrenatural. Acreditam que uma força superior rege todos os destinos. Todos os povos de todas as épocas tiveram suas crenças e seus deuses. Guerras foram travadas em nome da fé. Pessoas foram presas, torturadas, exiladas e até mesmo mortas no combate entre as religiões. Impossível não lembrar da Santa Inquisição, contudo é preciso ressaltar que esta não foi a única. 

Já no século XX durante a segunda guerra mundial, pessoas foram perseguidas por seguirem uma religião, ao final dessa guerra o povo judeu recebeu uma terra para criar sua pátria e viver em paz, mas isso gerou mais um motivo para guerra com o povo palestino. Seriam os motivos apenas religiosos? 

A religião ou a fé sempre foram motivos para disputas, pois sempre foram veículos de dominação das massas, um líder religioso detém em suas mãos um grande poder. Sendo assim, falsos profetas sempre surgem proclamando serem “os escolhidos”, infelizmente muitos incautos ainda acreditam nesse tipo de pregação. 

Em alguns casos a fé tornou-se uma moeda e um meio de manipulação, por isso muitos costumam afirmar que a sua religião é a única correta, a única salvação. Usam o poder sobre seus seguidores para atacarem outras religiões. Essas pessoas não são guiadas pela fé e sim pela ganância e preconceito. 

21 de janeiro é o dia de combate a intolerância religiosa. Pessoas de religiões diferentes uniram-se em favor da fé e do direito de todos de expressarem sua fé da forma que mais lhe agradar. Pessoas assim são as verdadeiras pessoas de fé, que possuem suas crenças mas não tentam se impor como os salvadores do mundo. Tão pouco pretendem julgar os padrões de comportamento dos outros. Para mim fé tem ligação direta com amor, respeito, humildade e caridade. O contrário disso é pura manipulação de interesses individuais por fama e riqueza. Uma oração feita com o coração, tem muito mais valor do que berros transloucados e rituais cheios de parafernálias. O que vale é o amor.


23 de janeiro de 2013

Cupcake de Chocolate com Recheio e Cobertura de Ganache de Maracujá


Não tem como ficar ruim a combinação de chocolate e maracujá. Sou fã assumida desses dois ingredientes, por isso fiz esses Cupcakes de Chocolate com Ganache de Maracujá. Se você, assim como eu, também gosta disso, que tal prepará-los hoje mesmo? É só seguir o passo a passo e "hummm" devorá-los!!!

Para a massa de cupcake, fiz essa receita (clique aqui).


Ingredientes da ganache de maracujá (recheio e cobertura):
700 grs de chocolate branco picado
2/3 de xícara (chá) de suco concentrado de maracujá
3 colheres (sopa) de creme de leite sem o soro


Modo de Preparo:

Coloque o chocolate branco picado numa tigela de vidro e leve ao microondas na potência média por, aproximadamente, 4 minutos. Retire e mexa. Se ainda não estiver derretido, volte na mesma potência por mais 1 minuto. 

Após bem derretido, acrescente o creme de leite e o suco de maracujá. Bata na batedeira por 2 minutos.

Leve a mistura ao freezer por 10 minutos até ficar gelado, mas sem endurecer.

Retorne à batedeira e bata por mais 2 a 3 minutos. A consistência será igual de mousse. Reserve.


****************

Montagem:


Corte um pedacinho do centro de cada bolinho. Coloque a ganache em um saco de confeitar e o bico "pitanga", preencha as cavidades e decore por cima dos cupcakes.

Se preferir, coloque uma calda de maracujá por cima da ganache (misture 1 polpa de maracujá, 1/4 copo de água, 2 colheres de açúcar e leve ao fogo até engrossar - deixe esfriar bem antes de usar).

Agora, é só "devorar" esses bolinhos deliciosos!



22 de janeiro de 2013

Batatas Rústicas ao Forno


Para os apaixonados por batatas, eis uma outra versão que entrará no caderninho de receitas favoritas: Batatas Rústicas!

Ingredientes:
2 batatas grandes cortadas em “meia lua”
1 cebola pequena em pétalas
2 dentes de alho picados
2 colheres (sopa) de azeite
1 colher (sopa) de molho inglês
Pimenta dedo de moça
Sal
Orégano
Manjericão desidratado


Modo de Preparo:

Lave bem as batatas em água corrente e com o auxílio de uma escovinha de alimentos, retire toda a sujeira da casca. Após, corte-as em “meia lua” (com casca e tudo).

Arrume as batatas e as cebolas em uma travessa própria para levar ao forno. Reserve.

Em um recipiente, misture o alho, o azeite, o molho inglês, a pimenta, o orégano, o manjericão e uma pitada de sal. Espalhe esse tempero por cima das batatas e cebola e mexa bem.

Cubra a travessa com papel alumínio (lado opaco para  dentro) e leve ao forno médio pré-aquecido por 20 minutos. Após, retire o papel e retorne ao forno até dourar bem e as batatas estiverem macias.

Bom apetite!



21 de janeiro de 2013

Segunda Saudável: Salsão

Google Imagens

ORIGEM : Região Mediterrânea. 

OUTRO NOME : Também é conhecido como aipo. 

MODO DE COMPRAR : Pode ser comprado em maços ou solto por unidade. Deve-se observar as seguintes características: - folhas: bem abertas e de cor verde escuro e brilhante; - deve estar bem pesado – se estiver leve demais, está murcho por dentro. 

MODO DE CONSERVAR : Lave bem e coloque num saco plástico, levando-o à gaveta própria da geladeira, mas, por ser bastante frágil, guarde-o só por, no máximo, 4 dias. 

MODO E CONSUMIR : As folhas dão sabor especial a sopas e molhos; - os talos podem ser servidos crus, em saladas, ou cozidos junto com outros legumes. Pode servido também como entrada, com a característica de estimular o apetite. 

COMPOSIÇÃO : Pequenas quantidades de vitamina C, E e Betacaroteno; - sais minerais (Cálcio, Potássio, Ferro, Fósforo, Sódio e Magnésio); - Celulose (fibras). 

Observação : Deve ser evitado por pessoas que tenham restrição ao sal, pois tem bastante sódio. 

VALOR CALÓRICO : 100 gramas de aipo fornecem 21,6 calorias 

INDICAÇÕES TERAPÊUTICAS : Auxilia: - no controle do colesterol e da pressão arterial; - é diurético; - é calmante; - anticancerígeno; - recomendado para atletas, devido ao seu conteúdo de potássio. 

Fonte: Posto 7 / Wikipédia 

Banda da semana...Skid Row


Skid Row é uma banda de heavy metal formada em 1986 em Toms River, Nova Jérsei. Obteve grande popularidade no final dos anos 80 e início dos anos 1990. Lançou cinco álbuns, um EP, um álbum de compilação, além de um álbum ao vivo. Tornou-se popular com os seus dois primeiros álbuns, Skid Row e Slave to the Grind, onde a banda gravou em sua formação clássica, composta por: Sebastian Bach (vocais), Dave "The Snake" Sabo (guitarra), Scotti Hill (guitarra), Rachel Bolan (baixo) e Rob Affuso (bateria). Em 1995, após a saída de Sebastian Bach dos vocais, a banda ainda lança Subhuman Race. Mesmo com a formação mudada, o Skid Row fez posteriormente Thickskin e Revolutions per Minute. A formação atual, atuando junta desde 2010, compõe-se de: Sabo, Hill, Bolan, Johnny Solinger (vocal) e Rob Hammersmith (bateria). 

Fiquem agora com “I Remember You”,uma das minhas favoritas. Grande abraço e até semana que vem. 



Long Live,Rock’n Roll \o/ 


18 de janeiro de 2013

Pavê de Chocolate e Maracujá


Vi essa receita no Mais Você. Como sou fã da combinação maracujá e chocolate, já separei os ingredientes e preparei no mesmo final de semana. O azedinho do maracujá é o toque especial dessa sobremesa. Experimente você também!


Ingredientes:
200 ml de água
1 colher (sopa) de amido de milho
1 colher (sopa) de açúcar
polpa de 1 maracujá
2 latas de leite condensado
2 latas de creme de leite de latinha com soro (450 g)
2 xícara (chá) de suco de maracujá (300 ml)
150 g de chocolate meio amargo derretido
150 g de chocolate branco derretido
1 pacote de biscoito de maisena


Modo de Preparo da Geléia:

Numa panela coloque 200 ml de água, 1 colher (sopa) de amido de milho, 1 colher (sopa) de açúcar e polpa de 1 maracujá e leve ao fogo médio até engrossar e formar uma geléia. Desligue o fogo e deixe esfriar.

**********


Modo de Preparo do Recheio:

Numa tigela coloque o leite condensado, o creme de leite de latinha com soro e o suco de maracujá e misture bem. Divida este creme em 2 partes iguais. Adicione ao primeiro creme 150 g de chocolate meio amargo derretido e misture bem. Na outra parte do creme adicione 150 g de chocolate branco derretido e misture bem. Reserve.


***********


Montagem:

Coloque num refratário uma camada de biscoito de maisena. Despeje sobre o biscoito uma camada de creme de chocolate meio amargo. Coloque mais uma camada de biscoito, depois o creme de chocolate branco. Faça mais uma camada de biscoito, creme de chocolate meio amargo, biscoito e creme de chocolate branco e leve para gelar por +/- 2 h. Retire da geladeira cubra com a geléia de maracujá 

Sirva gelado.

Bom Apetite!


16 de janeiro de 2013

No céu com diamantes...

Google Imagens
Diziam os antigos que a única certeza que temos nessa vida é que um dia vamos morrer. Apesar dessa certeza incontestável, nunca estamos preparados para esse momento, principalmente quando o momento da partida é de alguém especial. 

A dor que enfrentamos beira à loucura do insuportável, não há lágrima que seja suficiente para expressar a dor que passamos a sentir e que nunca mais nos abandonará. Nenhuma palavra é capaz de confortar ou preencher o vazio que invade nossa alma. Assim nos sentimos no momento da perda, assim ficamos por muito tempo, até que a saudade vai tomando conta de todos os espaços, e faz com que aquela dor insuportável durma. 

Essa saudade vai se abrandando com o tempo, não que seja possível apagar a ausência de quem partiu, mas dói cada dia um pouquinho menos. Ficam as lembranças, o sorriso meigo e acolhedor, a voz mansa e carinhosa que sempre trazia consolo e alegria. As mãos meigas dispostas a ofertar um carinho ou preparar uma comida deliciosa. Tantos e tantos momentos felizes que vivemos ao longo de nossa jornada, que há uma bela recordação para cada segundo futuro. 

Quando alguém morre dizemos que perdemos, pois perdemos tudo de bom que compartilhávamos que recebíamos e que podíamos dar. Esse é o nosso egoísmo falando mais alto, pois não teremos mais todo benefício da convivência diária com nossa pessoa amada. 

Mas acredito que não devemos pensar em perdas, e sim no privilégio que tivemos por ter essa pessoa tão especial entre nós. Devemos lembrar-nos de todas as lições de amor, carinho e fraternidade que ela nos deixou. Faz falta, faz muita falta a sua presença, o seu abraço e seu sorriso. Mas suas lembranças é o nosso consolo, é aquilo que irá preencher o vazio e acalentar a saudade. Finalizando, empresto as palavras de Beto Guedes: “...dói saber que não vou te tocar além da lembrança/ a sua falta é sol sem calor/ está aqui mas se foi/ virou estrela, a nossa estrela no céu”. Esse artigo dedico à minha amiga Laís, a estrela mais brilhante do meu céu!


Macarrão à Bolonhesa


Receita super simples e que agrada toda família, desde os mais pequeninos até os vovôs e as vovós. Que tal prepará-la hoje mesmo?


Ingredientes:
1 pacote de macarrão de sua preferência (optei por talharim do tipo “caseiro”) 
500g de carne moída (utilizei acém)
1 cebola média em cubinhos 
2 dentes de alho picadinho 
1 colher (sopa) de margarina 
1 colher (sopa) de azeite 
2 sachês de molho de tomate pronto 
½ xícara (chá) de água 
½ xícara (chá) de leite 
2 folhas de louro 
Sal 
Pimenta do reino 


Modo de Preparo:

Doure a cebola e o alho na margarina e no azeite. Adicione a carne moída e deixe refogar bem até a carne ficar bem fritinha e seca. Tempere com o sal, a pimenta e o louro. Acrescente o molho de tomate, a água e o leite (tira a acidez do tomate). Misture bem e deixe cozinhar por, aproximadamente, 15 minutos em fogo baixo (mexa de tempo em tempo). 

Desligue o fogo e deixe o molho de carne moída descansar com a tampa fechada por 5 minutos (enquanto cozinha o macarrão). 

Após, acrescente o macarrão cozido ao molho bolonhesa. 

Finalize com queijo ralado. 

Bom Apetite!



14 de janeiro de 2013

Molho de Jabuticaba para Assados


Foi uma amiga minha que passou essa receita logo após eu experimentar em um jantar na casa dela. Simplesmente, fiquei apaixonada com a deliciosa combinação agridoce sobre um assado (nesse caso, eu comi com chester). Repeti a dose em casa outras vezes com diversos tipos de carnes. Todos aprovaram e pediram bis. Se você gosta de um toque doce no seu prato principal, prove essa delícia!

Ingredientes:
1 cubo de caldo de carne
200ml de água quente
1 colher (sobremesa) de amido de milho
1 colher (sobremesa) de manteiga
200 ml de geléia de jabuticaba


Modo de Preparo:

Junte o caldo de carne na água e leve ao fogo baixo até levantar fervura e dissolver o cubo. Dissolva o amido de milho em um pouco de água fria e misture no caldo até engrossar. Incorpore a geléia de jabuticaba  e deixe, ainda em fogo baixo, até reduzir e ter uma consistência de molho. Finalize incorporando a manteiga no molho pronto.

Sirva em temperatura ambiente.

Bom Apetite!


Segunda Saudável: Salsa

Google Imagens

Hoje vamos falar um pouco sobre a salsa, tempero tão utilizado em sopas, omeletes, carnes, peixes, aves, entre diversas outras receitas. Além de dar um sabor especial à comida, ela é também utilizada para decorar alguns pratos. 

O que pouca gente sabe, é que esse tempero tem inúmeras vitaminas, nutrientes e sais minerais, sendo tão benéfica para o nosso organismo. Ela é rica em vitamina A, B1, B2, C e D e os sais minerais encontrados nela são cálcio, potássio, fósforo, enxofre, magnésio e ferro, além de propriedades antioxidantes, que retardam o envelhecimento das células. 

Entre os benefícios, a salsa evita a formação de pedras nos rins, é estimulante e diurética, funciona como calmante, alivia o mau hálito, ajuda combater a hemorragia nasal, ajuda na digestão, promove o enriquecimento da pele, combate a formação de gases e a fermentação intestinal, previne o câncer, trata acne juvenil, clareia sardas e ainda auxilia no tratamento da hipertensão. 

E se ingerida em forma de chá, é capaz de tratar febres, retenção de urina e obesidade. Ainda são boas para a memória e favorecem a digestão. Com tantas vantagens assim, não custa acrescentar um pouquinho desse tempero na sua refeição diária, não é? 

100 gramas de salsa fornecem cerca de 40 calorias. 

Fonte: Entre na Linha / Wikipédia 

Banda da semana...Scorpions


Scorpions é uma banda de heavy metal e hard rock originária de Hanôver, Alemanha fundada em 1965 pelo guitarrista Rudolf Schenker, sendo a primeira banda de hard rock formada no país germânico. No início eram chamadas de Nameless (aqueles sem nomes), depois passou para The Scorpions até o final de 1969, depois foram chamados simplesmente de Scorpions. O primeiro álbum da banda foi o LP Lonesome Crow de 1972, com os irmãos Rudolf e Michael Schenker nas guitarras. No ano seguinte, Michael deixa a banda e foi substituido pelo guitarrista Uli Jon Roth, que gravou os álbuns Fly to the Rainbow, em 1974, In Trance em 1975, Virgin Killer, em 1976 e Taken by Force em 1977. O som da banda no início dos anos 70 era originário do hard rock/heavy metal, com nuances de rock psicodélico e com o som mais pesado do que as obras posteriores, já inclinados a uma corrente mais comercial.O último trabalho da "era Uli Jon Roth" é o álbum ao vivo Tokyo Tapes de 1978. 

Após a saída de Roth, vem outro jovem alemão Matthias Jabs para ser guitarrista, quando começa o caminho da banda para o mercado dos Estados Unidos com o disco Lovedrive de 1979, que recebeu disco de ouro no país. Na mesma linha seguiria os discos Animal Magnetism em 1980, Blackout de 1982, Love at First Sting, em 1984, Savage Amusement em 1988. Com estes trabalhos demonstraram um som mais comercial, que lhes deram o reconhecimento mundial. 

Na década posterior os álbuns Crazy World e Face the Heat levantou-os à categoria de banda alemã de maior sucesso, mas passou pela saída de dois dos seus membros, Herman Rarebell e Francis Buchholz. Mas eles foram capazes de mudar seu som com os álbuns Pure Instinct e Eye II Eye, que mostraram um som renovado e um toque ainda mais suave em sua carreira. No novo milênio, os projetos sinfônicos Moment of Glory e Acoustica os colocam de volta ao cenário musical, bem como os discos Unbreakable de 2004 e Humanity: Hour I de 2007. Atualmente a banda está em sua turnê de despedida depois de lançar seu último álbum de estúdio Sting in the Tail de 2010, que os leva para os cinco continentes até 2013. 

Ao longo de sua carreira de mais de 46 anos, eles lançaram dezenas de singles, álbuns ao vivo, compilações e alguns DVDs ao vivo e tem recebido vários prêmios em nível internacional o que torna a banda mais bem sucedida de hard rock da Alemanha.Já venderam cerca de 160 milhões de cópias mundialmente. 

Fiquem agora com “Life is Too Short”,uma das minha favoritas,em uma bela versão acústica. Grande abraço e até semana que vem. 



Long Live, Rock’n Roll \o/ 



11 de janeiro de 2013

Torta de Frango com Palmito


Olá, meninos e meninas. Hoje, compartilho a receita de uma deliciosa (hummmm!) Torta de Frango com Palmito. A massa é super leve e o recheio é daqueles de encher a boca só de imaginar. Vamos aprender?


Ingredientes da massa: 
500g de farinha de trigo 
200g de banha vegetal 
50g de margarina 
2 Ovos 
1 colher (chá) de sal 
Gemas para pincelar a massa


Modo de Preparo:

Em um recipiente coloque a farinha (reserve um pouco), a banha, a margarina e os ovos levemente batidos. Misture com as mãos (neste momento, se necessário, utilize a farinha reservada). A seguir, sove sobre superfície lisa e enfarinhada. Coloque a massa obtida dentro de um saco plástico e deixe descansar na geladeira por, aproximadamente, 10 a 15 minutos. 


*********************

Ingredientes do recheio: 
1 peito de frango sem osso 
2 cebolas grandes 
4 tomates picados 
½ maço de cheiro verde 
4 dentes de alho 
1 vidro de palmito picado 
1 colher (sopa) maisena 
Sal e pimenta a gosto 


Modo de Preparo:

Cozinhe o peito de frango na pressão com uma cebola cortada em pedaços grandes, 4 dentes de alhos, metade do cheiro verde, sal, pimenta a gosto, água (até ultrapassar 2 dedos do nível do frango) durante, aproximadamente, 40 minutos após o apito. Aguarde sair toda a pressão para abrir a panela, e com o auxílio de uma peneira escorra o caldo e reserve.

Desfie o frango na própria panela de pressão, neste momento, junte um fio de azeite, uma cebola bem picadinha, os 4 tomates bem picadinhos e deixe apurar bem.

Coloque o vidro de palmito e conforme for ficando seco, vai jogando novamente o caldo do frango reservado anteriormente. Reserve um copo do caldo, para dissolver a colher de sopa de maisena, e jogue no refogado, assim que engrossar desligue o fogo e finalize com o restante do cheiro verde picadinho.

Dica: Deixe esfriar bem o recheio antes de utilizá-lo na torta.


*************************


Montagem:

Em uma assadeira própria para torta (não é necessário untar), forre o fundo e a lateral com a massa, depois acomode o recheio já frio e cubra com o restante da massa. Pincele com gemas em cima da massa e asse por, aproximadamente, 30 minutos ou até que fique douradinha!!!!

Bom Apetite!


10 de janeiro de 2013

Janeiro

Google Imagens

Mais um ano está iniciando, e com ele vêm todas as promessas de renovação e reconstrução. Quem nunca chegou em 31 de dezembro e fez uma análise profunda de sua vida e principalmente de suas ações e resultados dessas ações no último ano. 

Sempre fazemos isso, e as promessas são inúmeras: nesse ano vou cuidar mais de mim, farei aquele regime, vou procurar aquela pessoa para resolver antigos problemas, vou dar valor somente a quem merece, vou economizar para não ficar endividado e tantas outras que são tradicionais desse período. 

Pois bem, mais um janeiro chegou e as promessas de fim de ano como ficam? Iguaiszinhas as do ano anterior. Fazemos tudo o que é possível o que dá tempo e o que a gente lembra. Infelizmente a mudança do ano no calendário não muda as situações que vivenciamos no dia a dia. 

Acredito que as promessas não devam ser de ano novo e sim de dia novo, se conseguirmos pequenas mudanças diárias, ao final do ano teremos realizado uma grande mudança em nossas vidas e nas vidas daqueles que nos cercam também. 

Não adianta nada jurar fazer regime, se não nos preocupamos com a qualidade do que comemos. Pra que ficar repetindo que “vou escolher melhor meus amigos” se não consigo ou nem tento melhorar como amiga. O engraçado é que no final das contas nada muda, a não ser o ano no calendário, e ainda assim não aprendemos. Juras vazias não constroem um mundo melhor, elas apenas contribuem para que as máscaras continuem encobrindo as mazelas que nos fazem infelizes. 

Desejo que esse ano seja melhor para todos nós. Que a violência diminua, que a corrupção acabe, que as relações se fortifiquem e as famílias consigam se relacionar melhor. Que a intolerância e o desrespeito acabem, e nossos governantes que acabam de assumir cuidem de nossas cidades e de nosso povo tão sofrido, investindo mais em saúde, educação, segurança, empregos, saneamento básico, que cuidem de nossas crianças e idosos e tudo mais necessário. Feliz 2013 para todos nós!

8 de janeiro de 2013

Salada Verão


Para mim, essa salada tem tudo a ver com o verão. Leve, saborosa e com gostinho de "quero mais". Aqui, ela é o nosso prato principal nesses dias mais quentes. Que tal prepará-la agora mesmo e servir para sua família e amigos?


Ingredientes:
3 batatas médias cozidas e cortadas em cubos pequenos
1 cenoura grande ralada
1 lata de milho/ervilha
1 lata de atum sólido (escorra o óleo e corte grosseiramente os pedaços de atum)
1 limão grande
1 colher (sopa) de azeite
sal
orégano
pimenta do reino


Modo de Preparo:

Em um recipiente grande, misture as batatas, a cenoura, o milho/ervilha e o atum. Após, acrescente o suco do limão, o sal, uma pitada de orégano e pimenta do reino. Misture bem e sirva em seguida.

Se preferir, pode levar à geladeira antes de servir.

Bom Apetite!


7 de janeiro de 2013

Segunda Saudável: Repolho

Google Imagens
É um dos alimentos mais antigos utilizados pelo homem, pois há referências ao seu uso desde o período neolítico, que vai desde 5000 a 2500 a.C. Faz parte da mesma família da couve, mas se diferencia desta pelo formato redondo e compacto. 

Pode ser encontrado nas seguintes variedades e tipos: - Branco, mais comum; - Verde ou repolho-crespo; - Roxo. Podem ser redondos, achatados ou pontudos, e variam também na consistência, que vai da mais macia até a mais dura. 

É facilmente encontrado em feiras-livres, quitandas e supermercados, vendido por peça ou por peso, sendo preferível escolher os mais pesados e firmes. Quanto às folhas, escolha as viçosas, rijas, sem rasgos ou sem marcas de insetos. Quanto ao talo, deve ser compacto e claro, porque, se estiver mole e com cor mais escura, é uma peça mais velha. 

Uma peça pequena, em torno de 300 gramas, dá para duas pessoas, em média, lembrando que cerca de 100 gramas do repolho não são podem ser aproveitados. 

O repolho pode ser guardado na gaveta da geladeira por 8 a 10 dias, pois tem uma boa resistência. Mas é preciso ter o cuidado de, antes, retirar as folhas de fora se observar que estão murchas ou rasgadas. Uma boa tática é cortar o repolho em fatias, ao invés de cortar no meio, caso não vá usá-lo de uma vez só. Em seguida, coloque num saco plástico e guarde na gaveta inferior da geladeira, pois resiste bem, pelo menos, por mais três dias, em média, mas pode ser congelado, caso conclua ser vantajoso, pois, como é facilmente adquirido, talvez não compense usar o método do congelamento. 

O repolho pode ser usado em saladas, sopas, ensopados e refogados, além de outras opções, tais como na culinária oriental – caso do “charuto árabe” , quando é recheado com carne, cebola e outros temperos. Pode ser consumido cru ou cozido, mas o ideal é que seja cru, porque é menos indigesto e provoca menos gases e, além disso, há maior aproveitamento da Vitamina C nele contida. 

É rico em: - fibras; - sais minerais (cálcio, ferro, fósforo, potássio, enxofre); - vitaminas A, do complexo B, C. 

Valor calórico: 100 gramas de repolho cru, fornecem cerca de 25 calorias. 

INDICAÇÕES TERAPÊUTICAS : Contém antioxidantes e substâncias que melhoram a resistência contra doenças. Diminui o risco de doenças do coração, derrame e ajuda a prevenir o câncer de cólon e os tumores malignos causados pelo estrogênio, além de ajudar na cicatrização de úlceras pépticas. Mas pode causar distensão abdominal e flatulência, desprende um odor forte e desagradável de enxofre, durante o cozimento e ao expelir gases intestinais. 

Fonte: Posto 7 / Wikipédia 

Artista da semana... Ronnie James Dio \m/ 


Ronnie James Dio, nome artístico de Ronald James Padavona (Portsmouth, 10 de julho de 1942 — Houston, 16 de maio de 2010) foi um músico e compositor de heavy metal ítalo-americano, famoso como front-man das bandas Rainbow, Black Sabbath e DIO. É considerado um vocalistas expressivo no seu gênero musical. 

Ronnie adotou o sobrenome artístico "Dio" inspirado no mafioso italiano, Johnny Dio.Ainda na escola, formara a banda de rockabilly.Vegas Kings que, após mudar de nome várias vezes (sendo chamada de Ronnie and the Rumbles, Ronnie and the Redcaps, Ronnie Dio and the Prophets, The Eletric Elves e The Elves), finalmente tornou-se conhecida como a banda ELF. 

Em meados dos anos 70 foi convidado para cantar no grupo Rainbow do guitarrista Ritchie Blackmore (ex-membro do Deep Purple), no qual participou de quatro álbuns. Após deixar o Rainbow por conta de desentendimento com Blackmore, foi convidado pelo guitarrista Tony Iommi para ocupar o posto de vocalista no Black Sabbath, permanecendo com a banda até 1982. 

No mesmo ano forma uma banda própria denminada simplesmente "DIO", para em 1983 lançar o álbum entitulado Holy Diver. Deste participaram também o baterista Vinny Appice, que tinha acompanhado Dio na saida do Black Sabbath, seu antigo companheiro do Rainbow, o baixista Jimmy Bain, e o guitarrista Vivian Campbell (posteriormente no Def Leppard). Holy Diver foi muito bem aceito e deixou clássicos como a faixa-título, "Stand Up and Shout", "Don’t Talk to Strangers" e o hit "Rainbow in the Dark". 

Embalado com o sucesso, Dio grava mais um álbum com sua banda em 1984, este entitulado The Last in Line e a banda embarca numa turnê mundial juntamente com o tecladista Claude Schenell. Em seguida Dio lança seu primeiro vídeo oficial. 

Após o lançamento de álbuns conseguintes e mudanças na formação da banda, Dio faz uma pausa em 1987. Em 1990 reforma a banda DIO e lança o disco Lock up the Wolves. A banda é composta por músicos totalmente novos. Durante a subsequente tournê Dio reencontra o ex-colega do Black Sabbath, o baixista Geezer Butler, e deicde retornar a banda para gravar o álbum Dehumanizer em 1992. O grupo se consolidara novamente, mas Dio resolve deixar o Black Sabbath na última data da tournê, após o incidente de saber que este pretendia abrir um show para Ozzy Osbourne. 

Nos anos entre 1983 e 2006 permaneceu ativo com a banda DIO e voltou a trabalhar com o companheiro Vinny Appice até 2003. 

Em 1997 fez sua primeira aparição no Brasil juntamente com Bruce Dickinson, Jason Bonham Band e Scorpions. 

Em 2007 reuniu-se com os antigos companheiros de Black Sabbath, Tony Iommi, Geezer Butler e Vinny Appice, para excursionarem na promoção do da coletânea Black Sabbath - The Dio Years. Este evento resultou na formação da banda Heaven and Hell que permaneceu ativa até o dia de sua morte. 

Ao longo de sua carreira Dio popularizou a expressão da mão chifrada. No documentário "Metal - a headbangers journey" ele faz referência à sua avó italiana, que supostamente usava o gesto para afastar "mau-olhado". 

Fique agora com com “The Last in Line”,uma das minhas favoritas. Grande abraço e até semana que vem. 



Long Live, Rock’n Roll \o/ 


3 de janeiro de 2013

Carne Seca Acebolada


Você pode utilizar essa receita como prato principal do seu almoço/jantar e/ou optar por recheios de tortas, salgados e pizzas (hummmm). Basta usar a criatividade!


Ingredientes:
500g de carne seca
1 cebola grande em cubinhos
½ xícara (chá) de azeitonas verdes
1 xícara (chá) de cheiro verde
2 colheres (sopa) de azeite


Modo de Preparo:

Cozinhe e desfie a carne seca seguindo essas instruções (clique aqui). Reserve.

Doure a cebola no azeite. Acrescente a carne seca desfiada e deixe apurar, em fogo baixo, por 5 minutos.  Junte as azeitonas verdes e o cheiro verde. Misture e desligue o fogo.

Sirva em seguida. Bom Apetite!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta nossa Fanpage!

Receber Receitas

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Arquivo do blog

Visitantes