25 de julho de 2011

Segunda Saudável: Amêndoas

A amendoeira é originária das regiões quentes e áridas do Oeste da Ásia, sendo levada, provavelmente, para a Grécia e Norte da África durante a época pré-histórica. Alguns autores, porém, consideram o Norte da África como local de origem desta espécie.
Google Imagens

É uma planta bastante semelhante ao pessegueiro, porém, em geral, apresenta maior porte em tronco mais grosso; são um pouco mais curtas e de um verde mais claro; as flores são róseas claras e o fruto é oblongo, comprido e de um verde acinzentado. A parte comestível é a semente (amêndoa).

A amendoeira é uma planta de clima temperado, podendo ser cultivada do Rio Grande do Sul até Minas Gerais. Apresenta boa adaptação a diversos tipos de solo, exceto os compactados e encharcados.

A amêndoa, que vemos como um tipo de fruto seco, é tecnicamente a semente do fruto da amendoeira, uma árvore gloriosa de tamanho médio com pequenas flores rosa e brancas. Tal como os seus primos, o pessegueiro, cerejeira e árvore de alperce, a amendoeira contém frutos com sementes semelhantes a pedras (ou fossos) nos interior.

A semente do fruto da amendoeira é aquilo a que nos referimos como amêndoa. As amêndoas são de cor creme, cobertas por uma pele fina acastanhada e envolvidas numa casca dura.

As amêndoas são classificadas em duas categorias: doces (Prunus amygdalu var. dulcis) e amarga (Prunus amygdalu var. amara). As amêndoas doces são a variedade comestível. Têm uma forma oval, uma textura normalmente maleável e um sabor maravilhosamente amanteigado. Estão disponíveis no mercado ainda dentro da casca ou a casca retirada.

As amêndoas descascadas estão disponíveis inteiras, cortadas ou em pedaços, quer na sua forma natural, com a pele, ou peladas, com a pele retirada.

As amêndoas amargas são usadas para fazer óleo de amêndoa que é utilizado como agente de condimento para alimentos e licores como o Amaretto. De outra forma não são comestíveis pois contêm naturalmente substâncias tóxicas como o ácido hidrociânico. Estes componentes são removidos quando se fabrica o óleo de amêndoas.

Destaque Nutricional: rica em gorduras e vitaminas do complexo B, além de alguns minerais como fósforo, cálcio e ferro.

Moídas, em lascas, cortada em pedaços, com ou sem pele, torradas, as amêndoas entram como um ingrediente nobre em qualquer menu, quer seja doce ou salgado. Combinam na perfeição com o chocolate, ou com diversas coberturas irresistíveis.

As amêndoas sem casca podem ser congeladas ou conservadas no frigorífico. Antes de abrir as embalagens guarda as amêndoas em lugar seco e, se possível, ao abrigo da luz.

Têm um sabor característico, suave e um pouco oleoso; são preciosas do ponto de vista nutricional, daí o crescente interesse no seu consumo.

As amêndoas, também contêm grandes quantidades de vitaminas em especial vitaminas do complexo B e de minerais, como o zinco, magnésio e ferro, uma boa dose de proteínas e muitas outras substâncias com grande potencial para a nossa saúde.

As mais usadas são, sem dúvida, as doces; as amêndoas amargas, menos utilizadas, são essencialmente usadas para aromatizar licores, que combinam na perfeição. Verdadeiras delícias!!!

Para cada 100g de Amêndoas existem 640 kcal.

Vantagens e desvantagens

A amêndoa é um fruto rico em potássio, este mineral desempenha um papel importante na regulação da tensão arterial, no equilíbrio dos fluidos do corpo e na contracção muscular. Tem um leve efeito diurético pelo seu conteúdo em água e potássio, que poderá ser benéfico no caso de gota e hipertensão arterial ou em caso de perdas excessivas de potássio, como durante a utilização de diuréticos. É desaconselhado em casos de insuficiência renal, visto que nesta condição o consumo de potássio é restrito.

O fósforo é o segundo mineral mais abundante no organismo e cerca de 80% está localizado nos ossos e dentes. O fósforo está presente em todas células do organismo onde desempenha funções muito variáveis e todas elas da maior importância. Tem relevante papel na formação molecular do ADN e do ARN, bem como do ATP, adenosina tri-fosfato. As células utilizam-no para armazenar e transportar a energia na forma de fosfato de adenosina.

O magnésio, igualmente presente em boa quantidade na amêndoa, desempenha funções a nível da transmissão neuromuscular, participa na regulação dos fluxos através das membranas celulares, coadjuva a actividade de algumas enzimas em variados processos enzimáticos, e está envolvido na replicação de ADN.

O zinco é um mineral importante para a função imunitária e reprodutiva e participa no metabolismo de inúmeros componentes no organismo.

A vitamina B1 está presente em variadas reacções químicas no nosso organismo, funcionando como co-enzima. É necessária na metabolização das proteínas, lípidos, hidratos de carbono e ácidos nucleicos.

A vitamina E evita a oxidação e protege a integridade de diversos componentes celulares, nomeadamente das lipoproteínas que transportam o colesterol no sangue e ajudam, assim, a prevenir problemas cardiovasculares.

Como comprar e conservar

Ao adquirir amêndoas, observe a casca, e certifique-se que esta não se apresenta rachada, bolorenta ou com manchas. Se adquirir amêndoas descascadas prefira as que estejam em embalagens hermeticamente fechadas.

Se comprar amêndoas que sejam conservadas em grandes recipientes assegure-se de que existe uma grande rotação de produto, e que este se encontra bem fechado protegido do calor, do ar e da humidade de forma a garantir a máxima frescura. Procure as amêndoas que apresentem uma cor uniforme, textura firme e cheiro adocicado.

Uma vez que as amêndoas possuem elevado conteúdo em gordura, é importante conservá-las correctamente, de forma a protegê-las da rancificação. As amêndoas descascadas devem ser colocadas num recipiente bem fechado, num local fresco e seco, protegidas da luz solar.

Manter as amêndoas frescas irá protegê-las da rancificação e prolongar a sua frescura.

As amêndoas refrigeradas podem ser conservadas por longos meses. Se forem mantidas no congelador podem ser conservadas por mais de 1 ano.

Pedaços de amêndoa descascados rancificam mais rapidamente que amêndoa inteira descascada.

As amêndoas conservadas com casca possuem um tempo de vida mais longo.

Fonte: Portal São Francisco.


Banda da semana...AC/DC!!!


AC/DC é uma banda de rock formada em Sydney, Austrália em 1973 pelos irmãos Angus e Malcolm Young. A banda é normalmente classificada como hard rock e considerada uma das pioneiras do heavy metal, juntamente com bandas como Led Zeppelin, Black Sabbath, Thin Lizzy, Judas Priest e Deep Purple. No entanto, os seus membros sempre classificaram a sua música como rock and roll.

AC/DC passou por várias mudanças de alinhamento antes de lançarem o seu primeiro álbum, High Voltage, em 1975. A formação manteve-se estável até o baixista Cliff Williams substituir Mark Evans em 1977. Em 1979, a banda gravou o seu bem-sucedido álbum Highway to Hell. O vocalista e co-compositor Bon Scott faleceu a 19 de fevereiro de 1980, após consumir na noite anterior uma grande quantidade de álcool. O grupo considerou por algum tempo a separação, mas rapidamente o ex-vocalista dos Geordie, Brian Johnson, foi selecionado para o lugar de Scott. Mais tarde nesse ano, a banda lançou o seu álbum mais vendido, Back in Black.

O álbum seguinte da banda, For Those About to Rock (We Salute You), foi também bem sucedido e tornou-se o primeiro álbum de heavy metal a atingir o 1º lugar nos Estados Unidos. O AC/DC caiu em popularidade pouco após a saída do baterista Phil Rudd em 1983. As fracas vendas continuaram até ao lançamento de The Razor's Edge em 1990. Phil Rudd regressou em 1994 e contribuiu para o álbum de 1995 da banda, Ballbreaker. Stiff Upper Lip foi lançado em 2000, tendo sido bem recebido pela crítica. Planos para um novo álbum foram anunciados em 2004, sendo cumpridos em 2008, com o lançamento do álbum Black Ice no dia 20 de outubro de 2008.

O AC/DC já vendeu mais de 150 milhões de cópias em todo o mundo, incluindo 71 milhões somente nos Estados Unidos. Back in Black já vendeu cerca de 43 milhões de cópias a nível mundial, do quais 22 nos Estados Unidos, fazendo dele o 2º álbum mais vendido de todos os tempos e o 5º mais vendido nos Estados Unidos. AC/DC ficou em quarto na lista da VH1 dos "100 Maiores Artistas de Hard Rock" e foram considerados pela MTV a 7ª "Maior Banda de Heavy Metal de Todos os Tempos" e em 2004, a banda ficou em 72º na lista dos "100 Maiores Artistas de Todos os Tempos" feita pela revista Rolling Stone.

O AC/DC entrou no Rock and Roll Hall of Fame em março de 2003. Durante a cerimônia a banda tocou "Highway to Hell" e "You Shook Me All Night Long", com os vocais feitos por Steven Tyler do Aerosmith. Durante o discurso, Brian Johnson citou a música deles "Let There Be Rock".

No dia 1 de outubro de 2004, uma rua de Melbourne, Corporation Lane, foi renomeada para ACDC Lane em homenagem à banda. A rua fica perto da Swanson Street, onde a banda gravou o videoclipe de 1975 da música "It's a Long Way to the Top (If You Wanna Rock 'n' Roll)". Uma rua em Leganés, Espanha recebeu o nome de "Calle de AC/DC" no dia 2 de março de 2000.

Em 2005, a RIAA atualizou o número de álbuns vendidos pela banda nos Estados Unidos de 63 milhões para 69 milhões de cópias vendidas, fazendo do AC/DC a quinta banda que mais vendeu álbuns nos Estados Unidos e o décimo artista que mais vendeu álbuns nos Estados Unidos, vendendo mais que Madonna, Mariah Carey e Michael Jackson. A RIAA também certificou Back in Black como dupla platina (vinte milhões) nos Estados Unidos, o álbum já vendeu mais de 22 milhões de cópias, sendo o quinto álbum mais vendido da história do país.

A banda já recebeu várias indicações para o Grammy Awards, "Melhor Performance de Hard Rock" quatro vezes, "Blow Up Your Video" em 1989, "The Razors Edge" em 1991, "Moneytalks" em 1992 e "Highway to Hell" em 1994, e "Melhor Performance de Rock por um Dueto ou Grupo" em 2009 com "Rock N Roll Train".

A banda já recebeu uma indicação para o American Music Awards em 1982 como "Melhor Banda/Dueto/Grupo de Pop/Rock". E também já foi indicada no MTV Video Music Awards como "Melhor Videoclipe de Heavy Metal/Hard Rock" com "Thunderstruck".

Já em 2010, na 52ª edição do Grammy, a banda ganhou a premiação de "Melhor Performance de Hard Rock" com a música "War Machine" do álbum "Black Ice".

Agora, deixo com vocês o clipe da música "Back in Black", uma das minhas favoritas.


Long Live, Rock´n Roll e até semana que vem!

Um comentário:

  1. Oi Thais
    Obrigada por sua visita agradável lá no meu cantinho e por estar me seguindo, fiquei feliz.
    Tomara mesmo possa vir em alguma feira aqui em Sampa e quem sabe nos encontramos, abraçar pessoas queridas nestas feiras é sempre muito bom.
    beijos no coração, Aracy

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta nossa Fanpage!

Receber Receitas

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Arquivo do blog

Visitantes