13 de agosto de 2012

Segunda Saudável: Melancia

Google Imagens
Originária da África, foi trazida ao Brasil por negros de origem Banto e Sudanês no processo de escravidão.

A melancia é uma fruta refrescante, saborosa e com propriedades que são essenciais para manter o nosso corpo saudável. Ela é composta por aproximadamente 93% de água e tem baixo teor calórico. Uma fatia equivale aproximadamente a 33 calorias, o que a classifica como leve, porém completa. Conheça mais benefícios da melancia e saiba porque é tão importante consumir a fruta.

Rica em nutrientes bastante importantes para o nosso organismo, na melancia são encontradas as fibras, os carboidratos, vitaminas A, C e B6, fósforo, potássio, cálcio, magnésio e ferro. A cor avermelhada da polpa tem grande concentração de um poderoso antioxidante chamado licopeno, que neutraliza os radicais livres (substâncias nocivas ao corpo e os grandes responsáveis pelo envelhecimento da pele).

Ela também contribui na melhora da sensibilidade à insulina e ajuda na prevenção de doenças como a hipertensão, câncer de próstata, endométrio, pulmão e mama.

Incluir a melancia na alimentação ainda ajuda a manter o corpo sempre hidratado devido a sua grande quantidade de água e colabora com a diminuição do colesterol, artrite reumatóide e ortoartrite.

Além dos benefícios da melancia, as sementes da fruta também não devem ser desprezadas, pois apresentam propriedades nutricionais que fazem bem para a saúde. Elas são ricas em zinco, mineral que ajuda a aumentar a imunidade do organismo e em ácidos graxos, que contribuem para o bom funcionamento do metabolismo regulando os hormônios.

O gosto adocicado da melancia vem da frutose, açúcar natural fonte de carboidrato que funciona no organismo como um estoque de energia, ajudando no ótimo funcionamento do cérebro, nervos, medula óssea e nos glóbulos vermelhos. Por ser livre de gordura e colesterol, a melancia ajuda a regular a pressão sanguínea prevenindo o organismo de arritmias e sendo essencial na contração muscular. Também é responsável por levar moléculas de água para as células ajudando a baixar a temperatura corporal.

A melancia também pode influenciar na vida sexual. Ela contém a citrulina, aminoácido que ao ser consumido é convertido em arginina, que tem a função de melhorar a circulação, aumentar a produção de óxido nítrico, eficaz no relaxamento dos vasos sanguíneos, promovendo a melhora na libido e ajudando a prevenir a impotência sexual masculina.

Ninguém resiste a uma fatia de melancia gelada, principalmente nos dias em que a temperatura está elevada. Mas segundo estudos, as propriedades de licopeno e betacaroteno presentes na fruta quando consumida em temperatura ambiente, ficam ainda melhores. Então, o ideal é deixar a melancia alguns minutos fora da geladeira antes de consumi-la. Para conservar depois de aberta e evitar a perda das vitaminas devido o contato com a luz e o oxigênio, embale bem a melancia e coloque na geladeira.

A melancia pode ser consumida de várias maneiras, seja ao natural, em forma de suco, acrescentada na salada de frutas ou até mesmo como um saboroso mousse para a sobremesa, vai da criatividade e gosto de cada um. Só não esqueça de consumir também a semente, que é rica em vitaminas.

Fonte: Dicas de Mulher / Al Música

Artista de semana...Meat Loaf!


Marvin Lee Aday nasceu em Dallas, Texas, filho de uma família de músicos gospel, e recebeu o apelido Meat Loaf de um professor de ginásio. Antes de ser cantor ou músico foi ator profissional, participando de montagens de espetáculos teatrais.

Seu primeiro grupo, chamado Popcorn Blizzard (e algumas vezes também aparecendo com o nome Meat Loaf Soul) se formou em 1967. Com esta banda chegou a fazer a abertura de shows para Ted Nugent (com quem Meat Loaf viria a gravar posteriormente), The Who e Stooges. A banda teve um fim precoce quando Meat Loaf foi convidado a participar do musical Hair. Seu primeiro registro em vinil foi feito com um companheiro deste musical, o álbum chamado Stoney and Meat Loaf, de 1971. Participou ainda de vários outros musicais e do filme Rocky Horror Picture Show.

O compositor de Rocky Horror Show, Jim Steinman, foi o responsável pela composição de uma outra peça musical, Never Land (baseada na história de Peter Pan) que seria o ponto de partida para o lp "Bat Out Of Hell", lançado por Meat Loaf em 1977 como um trabalho conceitual, ou seja, um álbum em que todas as músicas se costuram em torno de um tema principal. Ao contrário porém das óperas rock complexas do The Who ou Pink Floyd, a história contada por Meat Loaf neste álbum era simples e de fácil absorção pelo grande público (principalmente adolescentes). "Bat Out Of Hell" rapidamente se tornou um dos grandes sucessos de vendas de toda a história do rock. Em 1981 saiu o álbum "Dead Ringer", que não conseguiu o mesmo efeito.

Para os lançamentos que se seguiram Meat Loaf não teve o apoio de Steinman (que chegou a processá-lo para que não usasse suas composições em discos posteriores). Em meio a problemas pessoais, de saúde e financeiros, as tentativas de álbuns como "Midnight at the Lost and Found", "Bad Attitude" e "Blind Before" foram todas grandes fracassos de público e crítica se comparados aos primeiros álbum.

Em 1993 Loaf e Steinman uniram-se novamente para lançar com grande estardalhaço "Bat Out of Hell II: Back Into Hell", uma continuação do conceito e história originais que rapidamente se tornou um sucesso ainda maior que seu antecessor.

Novamente sem Steinman (e sem grande repercussão) Meat Loaf lançou "Welcome to the Neighborhood" em 1995. Um novo álbum, "Testify", foi prometido inicialmente para 2001, mas adiado até 2003, quando foi lançado com o título de "Couldn´t Have Said Better".

Em 2007, após uma longa batalha judicial entre Meat Loaf e Jim Steinman pelos direitos sobre o nome "Bat Out of Hell", Meat Loaf ganhou nos tribunais o direito de usar o nome. No mesmo ano foi lançada a terceira parte da saga musical iniciada pelo clássico de 1977. O disco foi um grande sucesso de vendas, colocando Meat Loaf novamente nos primeiros lugares das paradas dos discos mais vendidos. O álbum foi produzido pelo hit-maker Desmond Child, que também compôs a maioria das músicas do disco. Entre os convidados que participaram do álbum estão nomes de peso como Brian May, Steve Vai, Nikki Six, John Five, Marion Raven e Patti Russo.

Também neste ano, Meat Loaf foi agraciado com o prêmio Classic Rock Awards, em uma importante premiação promovida pela revista britânica Metal Hammer.

Atualmente Meat Loaf está em turnê, divulgando "Bat out of Hell 3: The Monster is Loose", terceira parte da saga músical "Bat Out of Hell".

Curtam agora uma das minhas favoritas... “I Would do Anything for Love”. Grande abraço e até semana que vem.



Long Live, Rock’n Roll \o/

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta nossa Fanpage!

Receber Receitas

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Arquivo do blog

Visitantes