20 de janeiro de 2014

Segunda Saudável: Chá de Fucus

Fonte: Empório Alecrim
O fucus vesiculosus é uma alga marinha encontrada nas costas do Mar do Norte, Mar Báltico e Oceanos Atlântico e Pacífico. O fucus era fonte original de iodo, descoberto em 1811, e usado extensivamente para tratar bócio, um inchaço na glândula tireóide relacionado à deficiência de iodo.
 
A partir de 1860 foi defendido que o fucus era um estimulante de tireóide e poderia combater a obesidade ao elevar a taxa metabólica. Desde então, o fucus vem sendo parte de várias fórmulas e remédios para emagrecer.
 
Fucus vesiculosus também conhecida como bodelha (Phaeophyta) é um tipo de alga castanha pertencente a um grupo de algas multicelulares, fundamentalmente marinhas, e a sua cor deriva do pigmento fucoxantina. Em relação à sua morfologia, apresenta-se como um talo plano e ramificado dicotomicamente, com pequenas dilatações cheias de ar – os aerocistos- que asseguram a flutuação do talo. Na época de reprodução, a extremidade de certos talos fica intumescida. É nessas extremidades férteis, crivadas de orifícios minúsculos, que se produzem uma geléia de coloração alaranjada ou verde-escura, conforme o sexo é, respectivamente, masculino ou feminino.
 
O fucus é um alimento comum no Japão e usado como aditivo alimentar e aromatizante em vários alimentos na Europa. É utilizada no tratamento da obesidade relacionada ao hipotireoidismo, devido ao seu significativo teor de iodo, essencial à síntese de hormônio pela tiróide. A presença de fibras mucilaginosas estimula o funcionamento intestinal. Exibe, também, moderada ação diurética. Fucus também é comumente encontrado como componente de suplementos alimentares. 
 
INDICAÇÕES:
 
Chá de fucus Anti-celulite, bulimia, gorduras localizadas, auxilia a elasticidade da pele, reguladora do intestino, antiácida, levemente diurética, regula menstruações e fortifica o útero, acelera o metabolismo celular, disfunções da tireóide, vesícula e obesidade. Fucus também tem reputação de aliviar reumatismo e azia. 
 
Os principais elementos contidos no fucus incluem mucilagem, manitol, beta-caroteno, iodo, zeaxantina, bromo, óleos voláteis, potássio e vários outros minerais. O principal uso do fucus na medicina herbal é como fonte de iodo, um nutriente essencial para a glândula tiroide.
 
CONTRA-INDICAÇÕES: 
 
O fucus não deve ser usado em casos de hipertiroidismo, problemas cardíacos ou durante a gravidez e amamentação. Doses excessivas de fucus podem ocasionar hipertiroidismo, tremor, elevação da pulsação e da pressão sanguínea. Convém lembrar que pessoas alérgicas ao iodo não devem consumir esta alga. 
 
Fonte: Empório Alecrim / Cine e Séries
 
 
 
As Músicas Mais Marcantes do Cinema: Endeless Love (Amor sem Fim)
 
 
 
"Endless Love" é uma canção originamente gravada por Lionel Richie e Diana Ross, lançada em agosto de 1981 e mais tarde regravada por Mariah Carey e Luther Vandross nos anos 90. Há também uma versão de Renato Russo para a música, encontrada no álbum póstumo Renato Russo Presente.
 
Foi tema do filme “Endeless Love (Amor sem Fim)”, dirigido por Franco Zeffirelli,em que um casal de jovens, ele com 17 anos e ela com 15, vive um forte caso de amor, mas têm que enfrentar a oposição do pai da adolescente.
 
Oscar 1982 (EUA):
Indicado na categoria de melhor canção (Endless Love).
 
Globo de Ouro 1982 (EUA):
Indicado na categoria de melhor canção - cinema (Endless Love). 
 
 
 
Grande abraço e até semana que vem.
 

 

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta nossa Fanpage!

Receber Receitas

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Arquivo do blog

Visitantes