4 de agosto de 2014

Segunda Saudável: Batata Doce

Fonte: Dietas e Hábitos
A batata doce é um carboidrato complexo de baixo índice glicêmico, ou seja, a sua absorção pelo organismo é mais lenta, liberando gradualmente a glicose na corrente sanguínea e sem estimular muito a insulina (hormônio responsável pelo aumento da fome e pelo acúmulo de gorduras). Por este motivo, tornou-se presença constante no cardápio dos adeptos da musculação.
 
A batata doce é rica em fibras, fonte de ferro, vitaminas E, A e C e potássio. O tubérculo possui cinco vezes mais cálcio, o dobro de fibras e mais potássio que a batata-inglesa. Nativo das Américas, este carboidrato é considerado “do bem”. Estimula o intestino, auxilia no controle do diabetes e do colesterol e, mesmo sendo mais calórica do que a inglesa, a batata doce ajuda a emagrecer. No Brasil, há quatro variedades: a batata-branca, angola ou terra-nova; amarela e roxa e avermelhada. 
 
Beneficios:

* Por seu baixo índice glicêmico, auxilia na queima de gordura e no ganho de massa muscular;

* Auxilia no controle da diabetes;

* Fortalece o sistema imunológico por causa da sua quantidade de vitamina A;

* Reduz o colesterol total;

* Auxilia na digestão devido ao seu teor de fibras;

* Ajuda a prevenir câncer;

* Regula a pressão arterial;

* Reduz cãibras;

* Faz bem para a pele;

* Fornece energia para o treino de musculação;

* A vitamina A presente no tubérculo age como antioxidante e atua na manutenção dos ossos e do tecido epitelial;

* Auxilia na formação de colágeno;

* Previne anemia.
 
É bom frisar que, embora tenha muitos benefícios e auxilie no emagrecimento, é importante dosar a quantidade de batata doce ingerida, porque em excesso e sem a prática de atividades físicas, ela pode engordar.
 
Como consumir?
 
A melhor maneira de obter todos os benefícios da batata doce é prepará-la cozida e com casca. Também pode ser assada ou consumida na forma de purê e de chips. Não é recomendado fritar, pois a fritura aumenta a gordura na batata doce, prejudicando a sua saúde. O sabor adocicado combina com canela, mel, coco e noz-moscada. O tubérculo pode substituir a batata-inglesa em pratos como sopa, bacalhoada, purê e salada.
 
Fonte: Remédio Caseiro / Revista Rolling Stones
 
 
 
As 100 Maiores Músicas Brasileiras: “Sossego” – Tim Maia (nº 82)

 
O potencial rítmico das palavras que Tim Maia escolhia sempre era levado em conta, tornando o teor contagiante de suas músicas ainda maior. “Sossego” (1978) é um desses exemplos categóricos, em uma obra repleta de irresistíveis convites à dança. A letra não enrola e o arranjo é minimalista, com baixo sólido, intervenções certeiras dos metais e a potente voz de Tim Maia pontuando tudo.


Grande abraço e até semana que vem.

 

Um comentário:

  1. Adoro batata doce, sempre tem aqui em casa.

    Xerocas para vocês

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta nossa Fanpage!

Receber Receitas

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Visitantes