31 de maio de 2012

O teu cabelo não nega

Google Imagens
Logo após a eleição do primeiro presidente negro dos Estados Unidos, uma imagem correu o mundo: um garotinho negro tocava a cabeça de Barack Obama. Recentemente foi divulgado o dialogo que precedeu essa cena, o garotinho perguntou ao presidente “seu cabelo é igual ao meu?”, para responder o presidente disse ao garoto para tocar seu cabelo.

O que isso significa? Após anos de luta, um negro chegou ao posto político mais alto da maior potência política mundial e uma criança entendeu que ele também poderá chegar onde quiser, que sua raça não será impedimento.

Ter a pele e o cabelo “iguais” aos do presidente impede que esse garoto se sinta inferior a outras pessoas de origem racial diferente da sua. Esse menino também tem um modelo bem sucedido. Mas isso acontece lá, nos Estados Unidos, país em que o racismo sempre foi declarado, e por isso foi abertamente combatido, apesar de ainda não ter sido vencido.

Na África do Sul, a segregação racial foi cruel, porém era assumida, era real. Dessa forma, a população negra do país pode lutar, Nelson Mandela ganhou notoriedade mundial ao liderar a resistência contra o preconceito e também tornou-se o primeiro presidente negro de seu país.

Aqui, “país tropical abençoado por Deus”, onde oficialmente essas ações nunca foram reconhecidas, onde afirmava-se que não havia racismo, essa luta pela igualdade racial sempre foi desqualificada, tratada como desnecessária, afinal não há preconceito contra os negros no Brasil.

Este tema tem estado em evidência, por que hoje século 21, finalmente os negros estão conseguindo mais espaço para discutir e combater o racismo, mesmo que ele continue sendo negado por aqueles que não o reconhecem, que não o sentem ou o praticam. Hoje nosso cabelo carapinha é moda e as crianças negras brasileiras também tem a oportunidade de reconhecer-se em modelos positivos frequentam a mídia. Essa reflexão fica para o futuro, por ora, este artigo fica como uma introdução ao tema.

Um comentário:

  1. gostei muito do seu texto luciene muito bom, pq retratou uma verdade

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta nossa Fanpage!

Receber Receitas

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Arquivo do blog

Visitantes