12 de abril de 2012

Cala a boca, Barbara

Continuarei falando da censura, ação coercitiva utilizada para calar e oprimir todos os oponentes do regime imposto durante a ditadura militar. Os artistas foram muito perseguidos, tiveram suas obras censuradas por pessoas que nada entendiam de arte. Muitas histórias a esse respeito são contadas e hoje, parecem ser folclóricas, mas que com certeza foram muito constrangedoras para quem as viveu.

Arnaldo Jabor conta que para driblar a censura certa vez sentou-se ao lado de seu censor e em determinados momentos específicos, ele espirrava alto ou pedia um cigarro ao censor para distraí-lo e assim evitar que cenas importantes de seus filmes fossem cortadas. Compositores invertiam a ordem da letra que seria gravada ou trocavam uma vírgula de lugar com o mesmo objetivo.

Autores de novela eram proibidos de usar determinadas palavras, em um caso clássico, Gilberto Braga foi proibido de utilizar a palavra escravo na clássica “A escrava Isaura”. Dá para imaginar isso? Em uma novela com pelo menos 100 capítulos, o autor viu-se obrigado a suprimir a palavra tema de sua obra.

Há outra história em que certa vez a repressão invadiu a casa de um suspeito de subversão, como sempre toda a casa foi revirada. Ao encontrarem o livro “A sagrada família” de Marx e Engels – os pais do socialismo – o deixaram de lado, o censor pensou tratar-se de uma obra referente à família de Jesus Cristo. Em contra partida, o esperto agente prendeu um livro sobre o “Cubismo” – movimento artístico – mas que ele pensou que se referia à Cuba, único país da América a adotar o comunismo.

Um censor cego por seu poder exigiu a presença de Sófocles, autor da peça Electra, antes de sua estréia, ele apenas não sabia que o autor convocado havia escrito essa peça a mais de 20 séculos! Esse tipo de situação aconteceu aos montes. As barbaridades realizadas nesse período não cabem nesse artigo, mas ainda bem que a genialidade de nossos artistas – Chico Buarque é um dos grandes exemplos disso - foi maior que seus algozes.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Curta nossa Fanpage!

Receber Receitas

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Arquivo do blog

Visitantes